Dólar sobe mais de 1%, em dia de forte aversão ao risco

Publicado em 05/09/2011 11:02 253 exibições
O dólar caminha para o quarto pregão de valorização ante o real e registra alta de mais de 1% neste início de semana.

Por volta das 10h20, o dólar comercial avançava 1,16%, cotado a R$ 1,653 na compra e a R$ 1,655 na venda.

No mercado futuro, o contrato de outubro negociado na BM&F tinha elevação de 0,81%, cotado a R$ 1,663.

Apesar de as bolsas americanas não abrirem hoje, por conta do feriado do Dia do Trabalho nos Estados Unidos, percebe-se uma forte aversão ao risco nos mercados. O motivo é que a Agência Federal de Financiamento Imobiliário (FHFA, na sigla em inglês) dos EUA entrou na sexta-feira com um processo bilionário contra 17 grandes bancos, acusando-os de falsificar a qualidade dos títulos hipotecários vendidos no auge da bolha imobiliária. Entre as instituições, estão o Royal Bank of Scotland (RBS), o Société Générale e o Deutsche Bank AG.

A FHFA exige dos bancos ressarcimento pelos empréstimos que foram vendidos à Fannie Mae e à Freddie Mac baseados em informações falsas ou incompletas sobre os mutuários e os imóveis.

Há pouco, os papéis de bancos europeus lideravam as perdas no mercado acionário da Europa. Os principais índices das bolsas recuavam mais de 3%, com exceção do FTSE-100, que tinha queda de 2,42%, aos 5.164 pontos.

O euro tinha queda de 0,57% ante o dólar, a US$ 1,412, minutos atrás.

Fonte:
Valor Online

0 comentário