Cardozo pode deixar o Ministério da Justiça e assumir vaga no Supremo Tribunal Federal

Publicado em 03/11/2014 17:44 279 exibições

933042-mj_cardozo_justi%25C3%25A7a_%2520-6.jpg

Rumores no Planalto indicam que o Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, pode deixar o cargo que exerce desde o início do primeiro mandato da presidente Dilma. Cardozo pode ser indicado a uma cadeira no Supremo Tribunal (STF) Federal, em julho, na vaga deixada pelo indigenista Joaquim Barbosa. Um dos nomes cotados para substituí-lo no Ministério é o do ex ministro aposentado do STF Gilson Dipp.

Cardozo, tem dito a amigos que não pretende permanecer no cargo a partir de 2015. “Eu quero me dedicar à advocacia e à vida acadêmica”, garantiu o ministro a um interlocutor do PT, na semana passada. “Fiz mestrado em Direito em 1993 e, desde 1995, tento fazer o doutorado. Agora, quem sabe, eu consiga.”

Dilma ainda não conversou com Cardozo sobre seu destino, mas há quem aposte que ele ficará na Justiça ao menos por mais um ano. A presidente já disse reservadamente que poderá indicá-lo para uma cadeira no Supremo, na vaga aberta em julho com a aposentadoria de Joaquim Barbosa. 

Aos que perguntam se ele irá para o STF, Cardozo responde com o mantra “o futuro a Deus pertence”.

Foto: Agência Brasil

Fonte:
Questão Indígena

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário