Ministério Público quer terra indígena no Mato Grosso para índios que ocupam tradicionalmente o Maranhão

Publicado em 14/11/2014 15:37 209 exibições

Nova%2BTI.jpg

O Ministério Público Federal expediu uma recomendação para que a Funai institua grupo técnico para demarcar no Mato Grosso uma terra indígena reivindicada pela etnia indígena Kanela oriundos do Maranhão. Pode não parecer, mas só pela descrição, a exigência do Ministério Público é absurda. De acordo com a Constituição Federal são terras indígenas aquelas por eles originalmente ocupadas, os chamados kanela do Araguaia chegaram ao Mato Grosso há menos de 50 anos. 

A recomendação foi enviada no dia 11 de novembro ao presidente interino da Funai, Flávio Chiarelli, e ao diretor de Proteção Territorial, Aluizio Azanha, filho do Grande Cacique Branco, Gilberto Azanha, dono do ONG CTI. O prazo para manifestação da Funai é de 30 dias.

Fonte:
Questão Indígena

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário