Área de soja e milho aumenta 1,6 milhão de hectares no Brasil

Publicado em 13/12/2011 07:05 368 exibições
Após dois meses percorrendo as principais regiões produtoras de grãos do Brasil, a Expedição Safra Gazeta do Povo aponta crescimento de 1,6 milhão de hectares na área de plantio dos de soja e milho no país. De acordo com o levantamento técnico-jornalístico, cada uma das culturas deve ganhar 800 mil hectares na temporada 2011/12. Com o plantio antecipado e chuvas bem distribuídas, o potencial da safra brasileira de verão é para produção recorde.

Soja

Apesar do clima instável durante a fase de plantio em algumas regiões, a área destinada à soja avança 3,3% no Brasil. O incremento é puxado pelo Centro-Oeste, onde a expansão ultrapassa os 4%, passando de 10,68 milhões de hectares na safra passada para 11,14 milhões nesta temporada. Com clima favorável, a produção pode atingir 34,61 milhões de toneladas na região.

Estado que mais sofreu os efeitos do La Niña no início do ciclo, o Rio Grande do Sul foi já sente a falta de chuvas. Em toda a região Sul, a previsão da Expedição Safra aponta queda de 2,3% na produtividade média, recuo que, se confirmado, será suficiente para anular o aumento de 0,6% no plantio, derrubando em 1,7% a produção de soja sulista.

Para o Sudeste do país, o Indicador Brasil da Expedição Safra aponta aumento de 3,6% da área de cultivo e produtividade estável, combinação que deve resultar em uma produção 4% superior à obtida na temporada anterior.

O Centro-Norte, onde estão localizados os estados do Maranhão, Bahia, Tocantins e Piauí, o MaToPiBA, é a região que teve a maior expansão no plantio, 8,9%. A área cultivada passou de 2,49 milhões de hectares para 2,71 milhões. Mesmo com uma pequena queda de 1,7% na produtividade, deve registrar aumento de  7,1% no volume colhido.

Milho

A área de cultivo do milho vai crescer consideravelmente em todo o Brasil. O aumento do plantio, considerando todas as regiões produtivas, será de 10,4% e a expectativa é que a produção seja 11,9% maior.

No Centro-Oeste, a área de cultivo quase dobrou e, aliada a um aumento de 4,4% na produtividade, deve render uma safra 49% superior à colhida no ano anterior. Em volume, contudo, a região ainda tem representatividade pequena na produção de milho. Juntos, os estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás devem colher 4,7 milhões de toneladas do cereal neste verão, volume bem inferior ao previsto pela Expedição para o Sul do país.

Líderes nacionais em milho, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina devem tirar dos campos 16,8 milhões de toneladas no ciclo 2011/12, produção que, se realizada, será 11,6% maior que a registrada há um ano.

Os números apontados pelo Indicador Brasil reforçam a estimativa feita pela Expedição Safra no início do plantio, de que a produção nacional de soja e milho, somadas, deve atingir 165 milhões de toneladas, com potencial para até 170 milhões de toneladas se o clima for favorável às lavouras.

Tags:
Fonte:
CNC

0 comentário