Soja: Oil World estima queda anual recorde para safra 11/12

Publicado em 29/02/2012 07:10 e atualizado em 29/02/2012 11:19 1570 exibições
A Oil World divulgou mais um relatório com suas estimativas para a safra mundial de soja. Dessa vez, a consultoria alemã projeta uma queda anual recorde para 2012, que deve ser de 7,2% ou 19 milhões de toneladas. O principal motivo para o declínio foram as condições de clima adverso em importantes regiões da América do Sul. 

Em seu boletim mensal, a Oil World disse que a colheita mundial deverá totalizar cerca de 246,5 milhões de toneladas na safra 2011/12 e que a queda anual de 19 milhões de toneladas é a maior já registrada ante o ano anterior. 

Além disso, a instituição ainda afirmou que os preços da soja esiveram firmes em fevereiro e que foram capazes até mesmo de estimular novas altas em outras oleaginosas e também entre os farelos. 

Ainda sobre as cotações, a Oil World afirmou que havia també um suporte vindo da forte demanda chinesa. A consultoria estima que entre abril e setembro deste ano, a nação asiática importe, aproximadamente, 28,5 milhões de toneladas. Em relação ao mesmo período de 2011, o aumento é de 1,8 milhões de toneladas. 

"A quebra da safra na América do Sul vai aumentar a dependência do mercado global pela oferta norte-americana", completou. 

Por conta disso, a Oil World fez ainda suas considerações sobre um aumento das exportações norte-americanas em função da menor oferta sulamericana. 

"Nós já esperamos que certa mudança ocorra de agora em diante, resultando em um aumento no ano das exportações de soja dos EUA em 1,6 milhão de toneladas para 10,6 milhões de toneladas entre março e agosto, compensando virtualmente a queda total das exportações da América do Sul no período, principalmente do Paraguai e Brasil."

Com informações da Reuters.
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Liones Severo Porto Alegre - RS

    Quando computado todas as perdas, o total pode chegar a 30 milhões de tons,

    e não apenas 19 milhões de tons, como estimou o Oil World. Á considerar 11 mmt/Brasil, 8 mmt/Argentina, 4 mmt/Paraguay e 7 mmt/USA. Infelizmente um grande prejuízo para nossos agricultores e um grande desfalque no suprimento mundial de soja. abraços

    0