Cotações, tanto da soja quando do dólar, sobem, e garantem elevação dos preços para a oleaginosa

Publicado em 20/03/2012 10:24 640 exibições
BONS NEGÓCIOS: A moeda norte-americana novamente começa um rali de preços frente ao real, e volta a se aproximar dos valores praticados na primeira semana do ano, quando a moeda flutuava próximo de R$ 1,85. Neste mês de março o dólar, até o momento, apresenta um aumento de 6,0% e passa a dar suporte ao valor da soja. A oleaginosa também não ficou parada desde o início do ano, e segue em tendência de alta, com valorização de 9,1% em relação ao valor praticado na primeira cotação de 2012. O impacto da elevação tanto do preço da commodity, quanto do câmbio, foi a alta dos preços no mercado interno, que fez com que o produtor voltasse a comercializar grandes lotes nessas duas últimas semanas do mês. Em relação ao menor valor pago neste ano para a soja, em Primavera do Leste e em Nova Mutum o aumento é igual a 15%. Esse ganho do preço, se se tomar como base as estimativas de mercado, tanto a demanda da China, que continua aquecida, quanto as perspectivas de aumento de área de milho e trigo e, consequentemente, diminuição da área de soja, podem influir na manutenção do valor da oleaginosa alto e até elevar um pouco mais.

Cliqueaqui e confira a análise na íntegra.

Tags:
Fonte:
Imea

0 comentário