Rondônia abre caminho para a soja transgênica em MT

Publicado em 29/01/2013 08:47
243 exibições
Mesmo com o pagamento de bônus para o produto livre de transgenia, regiões famosas pela grande produção de variedades convencionais, como o Oeste e Noroeste de mato-grossenses, aderem à biotecnologia
As regiões Oeste e Noroeste de Mato Grosso, dois polos de produção de soja convencional no Brasil, estão ampliando o terreno destinado ao cultivo de grãos transgênicos. Em visita a propriedades do Centro-Oeste e parte do Norte do Brasil, a Expedição Safra Gazeta do Povo conferiu que, mesmo com o pagamento de bônus para o produto livre de transgenia, os agricultores locais têm aderido em massa às sementes geneticamente modificadas (GM). A mudança está associada ao lançamento de variedades que, além de menos custosas, se mostram mais produtivas do que as convencionais, mas principalmente à abertura das portas de Porto Velho ao grão GM. No Oeste de Mato Grosso, os transgênicos estariam ocupando 50% da área de soja, conforme os produtores há cerca de três anos o índice era de 10%.

Veja a notícia na íntegra no site da Gazeta do Povo
Tags:
Fonte: Gazeta do Povo

Nenhum comentário