Colheita da soja no Brasil pressiona preços futuros na Bolsa de Chicago

Publicado em 12/03/2013 14:00
699 exibições
A colheita da soja acelerada no Brasil já começa a pressionar os preços futuros na Bolsa de Chicago, segundo informações da agência Bloomberg.

"A colheita está avançando rápido no Brasil, e os grãos de soja estão chegando aos portos e sendo carregados em navios, diminuindo a demanda por fontes norte-americanas", disse Greg Grow, diretor de agronegócio da Archer Financial Services Inc., em Chicago, em uma entrevista por telefone à Bloomberg.

Até o dia 8 de março, os produtores brasileiros já haviam colhido 48% da safra, contra um percentual de 46% em relação há um ano e já haviam vendido 58% destes grãos, aponta relatório de ontem da Safras & Mercado. Segundo informações do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), o Brasil, deve superar os Estados Unidos como maior exportador do mundo e produzir o número recorde de 83,5 milhões de toneladas de soja.

Às 13h54, horário de Brasília, os futuros da soja para entrega em maio recuavam 6 pontos negociados a US$14,73 o bushel. Ontem o mesmo contrato encerrou a sessão negociado a US$14,79/bushel. 

Tradução: Izadora Pimenta
Tags:
Fonte: Bloomberg

Nenhum comentário