Soja: Mercado volta a intensificar perdas na Bolsa de Chicago

Publicado em 14/03/2013 14:19
1048 exibições
Os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago voltaram a intensificar suas perdas na Bolsa de Chicago e, por volta das 14h (horário de Brasília), registravam perdas entre 10,25 e 25 pontos. O movimento de realização de lucros continua e ainda é intensificado pela demanda se transferindo dos EUA para a América do Sul, principalmente o Brasil. 

A procura mundial por soja segue muito aquecida, entretanto, além de os estoques norte-americanos estarem bastante ajustados, centenas de navios estão "presos" nos portos brasileiros aguardando pelos embarques, sem poder fazer fluir o mercado. Além disso, essa demanda maior pelo produto sulamericano, principalmente brasileiro, pressiona os preços da oleaginosa no mercado internacional. 

"Estamos vendo a coincidência de um clima ruim para escoar a safra do Mato Grosso aliado a uma super safra também no resto do país e, infelizmente, a infraestrutura do Brasil não tem condições de atender tudo o que está acontecendo", afirma o analista de mercado Steve Cachia, da Cerealpar Corretora. 

Além disso, para que comecem a reagir os preços necessitam de novidades. Os investidores se deparam com um cenário já conhecido, com a safra da América do Sul praticamente definida e os baixos estoques norte-americanos. Porém, os preços sentem a pressão também da demanda que tem se transferido dos EUA - onde a soja já está se esgotando - para o Brasil. O escoamento do produto brasileiro, no entanto, ainda esbarra na falta de uma logística eficiente no país.  

Tags:
Por Carla Mendes
Fonte Notícias Agrícolas

Nenhum comentário