Soja: Com incertezas climáticas, mercado opera com volatilidade

Publicado em 29/08/2013 11:30 e atualizado em 29/08/2013 15:32
2657 exibições

No pregão regular desta quinta-feira (29), os futuros da soja operam em campo misto na Bolsa de Chicago. Por volta das 14h59 (horário de Brasília), os principais contratos da oleaginosa exibiam ganhos entre 1,75 e 7,25 pontos. Apenas o contrato março/14 trabalhava em baixa, cotado a US$ 13,45/bushel. Os futuros do milho também operam em terreno misto, e somente o vencimento setembro/13 apresentava pequena perda de 3,75 pontos. Já os futuros trigo, no mesmo horário, registravam quedas de mais de 4 pontos nos principais contratos. 

De acordo com o consultor de mercado, Ênio Fernandes, os investidores estão mais cautelosos e buscam um melhor posicionamento frente ao feriado de Labor Day (Dia do Trabalhador) comemorado na próxima segunda-feira (2) nos Estados Unidos. Em contrapartida, o clima no país permanece sendo o foco dos investidores no mercado internacional, uma vez que pode reduzir ainda mais o rendimento das lavouras. 

“Precisamos de precipitações abrangentes e consistentes para aliviar o stress hídrico das plantações norte-americanas”, diz o consultor. As previsões climáticas, divulgadas por agências internacionais, indicam que as temperaturas deverão começar a cair no final de semana e início da próxima semana no cinturão produtor do país. E há possibilidades de chuvas nos estados de Iowa, Illinois e Nebraska.

“No entanto, são precipitações esparsas com baixo volume pluviométrico acumulado. O mercado está muito inseguro e se, na terça-feira (3), quando abrir o mercado, se tivermos tido chuvas abrangentes os preços futuros podem recuar, se não tivermos precipitações expressivas em estados importantes, vamos ter altas fortes”, acredita Fernandes. 

Tags:
Por: Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário