Soja MT: Com valorização na CBOT, preços estão em alta

Publicado em 03/09/2013 08:47
621 exibições

Depois de um mês de baixa, agosto trouxe animação para o mercado da soja em Mato Grosso, devido a uma valorização na Bolsa de Chicago. O contrato com vencimento para setembro de 2013 teve alta de 15% no mês de agosto, já o contrato com vencimento para março de 2014 teve uma alta menor de 11% no mesmo período. O preço futuro da soja oferecido em Mato Grosso teve elevação de 16,6% no mês de agosto, apresentando variação maior que o contrato referência em Chicago (março/2014). Esse movimento mais intenso se deve ao aumento no dólar, que impulsionou os preços internos, visto que este tem um impacto direto nos preços futuros em Mato Grosso, em média, cada centavo que se eleva na moeda reflete em cerca de R$ 0,30/saca de soja no valor oferecido para os produtores. A valorização do preço da soja se iniciou após o relatório de oferta e demanda do USDA do mês de agosto, devido à projeção da produção de soja dos EUA ter caído para 88,6 ante 93 milhões de toneladas. Porém, atualmente o grande motivador da alta em Chicago é a falta de chuva nas lavouras norte-americanas. Em algumas regiões há quase três semanas não chove, e em outras não ocorrem chuvas expressivas há mais de um mês. O problema maior é que a previsão para a próxima semana não é animadora. Desta forma, os produtores mato-grossenses têm que ficar atentos às mudanças no câmbio e também aos impactos que a falta de chuvas irá causar nas lavouras norte-americanas, visto que o cenário de preços mundial da oleaginosa parece estar mudando de tendência.

Leia o boletim na íntegra no site do Imea

Tags:
Fonte: Imea

0 comentário