Soja MT: Neste ano, estado só esmagou 6,28 milhões de toneladas

Publicado em 26/11/2013 07:27 288 exibições

Mato Grosso, neste ano, até outubro, teve os piores valores esmagados desde 2008, com 6,28 milhões de toneladas. No ano passado, neste mesmo período, tinha esmagado quase 600 mil toneladas a mais. O fator que mais impactou nesta queda foi a grande desvalorização do óleo no mercado internacional, gerando uma menor margem de lucro no esmagamento, e em consequência exportou 15% a mais, mesmo com a produção se elevando 11,7%, se comparado ao mesmo período do ano passado. No mercado internacional o preço do óleo teve queda de 17,5%, impulsionada pela elevação nos estoques mundiais dos principais óleos, que na safra 2013/14 deve ter aumento de 17%, mesmo com a baixa nos estoques de óleo de soja em 3,6%. O grande vilão no preço do óleo de soja é o óleo de palma, que vai ter elevação na produção de 2,4%, porém os estoques devem ter elevação de 18,3%, o que pressiona para baixo os preços. O preço do óleo também é o grande responsável pelo preço da soja, que neste ano teve uma queda em Chicago de 6,8%, e só não foi menor devido à valorização do preço do farelo de soja, que teve alta em 2013 de 4,5%, sustentando o preço da soja em grãos. Desta forma, a queda no preço do óleo faz com que o esmagamento fique menor, e com isso o preço do farelo em Mato Grosso se elevou mais de 9,0%, sendo mais que a alta em Chicago, mostrando que o mercado interno está com uma demanda maior que a oferta, pressionando os preços. 

Leia o boletim na íntegra no site do Imea

Tags:
Fonte:
Imea

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário