Soja inverte tendência e encerra pregão em queda em Chicago

Publicado em 23/12/2013 18:17 2215 exibições

As cotações da soja voltaram a cair na bolsa de Chicago nesta segunda-feira (23)  pressionadas por um movimento de realização de lucros, diante de especulações de que as chuvas deverão voltar às áreas produtivas no Brasil e na Argentina.“Temos uma chance melhor de chuvas na Argentina e no Sul do Brasil ainda esta semana”, informou Brian Grete, analista sênior da Professional Farmers of American, em Cedar Falls, Iowa. “Em geral, as condições das lavouras estão favoráveis para grandes safras no Brasil”.

 Os investidores também levaram em consideração as especulações de que a China deve parar de comprar soja norte-americana para começar  os negócios nos países sul-americanos, que têm previsão de grandes safras neste ano comercial. 

Outro motivo para as baixas teria sido a redução da margem de lucro nas esmagadoras chinesas. Segundo o blog da Agroinvest: "O crush margin para maio/2014 está negativo em US$113,58 por tonelada de acordo com os preços praticados na Bolsa de Dalian, considerando: custo do Crush US$20,00 por tonelada, rendimento de Farelo 78,50% e Óleo 18,50%". O mercado teria ficado apreensivo com a possibilidade de cancelamento de compras de soja efetuadas pelos esmagadores chineses em função desse recuo na margem de esmagamento.

Desde a última sexta-feira (20) as cotações vinham subindo com os investidores de olho nas condições climáticas na Argentina. O clima quente e seco em algumas regiões daquele país pode comprometer as expectativas de uma safra cheia na América do Sul. Com os baixos estoques do grão nos EUA, o foco da oferta se volta para Brasil, Argentina e Paraguai e qualquer problema que possa reduzir, mesmo que de forma mínima, a produção sulamericana, poderá ser observado e precificado pelo mercado.

No final do dia o primeiro vencimento fechou cotado a US$13,28/bushel com queda de 10,5 pontos. Março encerrou a US$13,19/bushel , recuo de 11,25 pontos e o vencimento Maio terminou cotado a US$13,05/bushel , queda de 10,5 pontos.

 

Veja como ficaram as cotações 

SOJA >> 

MILHO >> 

Tags:
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário