Queda do preço da soja afetará vendas de defensivos no Brasil em 2014, diz Sindiveg

Publicado em 28/07/2014 07:53 529 exibições

O crescimento do mercado de defensivos deverá ficar no piso das estimativas iniciais, de 6 a 9 por cento, atingindo pouco mais de 12 bilhões de dólares em 2014, pela queda nos preços da soja e menos investimentos do que o previsto na cultura, disse nesta sexta-feira um representante do sindicato da indústria (Sindiveg).

"A expectativa era de crescimento de 6 a 9 por cento, mas pelo andar da carruagem... pelo preço da soja em Chicago e a perspectiva para a safra norte-americana, já se espera que fique mais em 6 por cento", disse o gerente de informação do Sindiveg, Ivan Sampaio.

A soja, que responde por mais da metade das vendas de defensivos no Brasil, enfrenta um cenário de preços baixos, diante de grandes safras no mundo. Os contratos futuros na bolsa de Chicago (referência internacional) estão pairando perto dos menores níveis em quase quatro anos.

Leia a notícia na íntegra no site da Reuters.

Tags:
Fonte:
Reuters

0 comentário