CBOT: USDA anuncia nova venda e soja amplia ganhos no curto prazo

Publicado em 22/08/2014 12:39 1789 exibições

No início da tarde desta sexta-feira (22), o primeiro vencimento do mercado internacional da soja - setembro/14 - subia mais de 20 pontos na Bolsa de Chicago, e era cotado a US$ 11,60 por bushel. As demais posições também trabalhavam em campo positivo, porém, com ganhos mais modestos, de pouco mais de 3 pontos. 

A baixa disponibilidade de soja disponível é o mais forte fator de alta e sustentação para as cotações, principalmente nos vencimentos de mais curto prazo na CBOT. Os estoques finais norte-americanos da safra 2013/14 são os menores em anos e a demanda mundial não dá sinais de desaquecimento. 

Ontem, o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) trouxe seu novo boletim semanal de vendas para exportação e mostrou números negativos para a safra velha, que indicam, no entanto, uma rolagem de posições, ou seja, um volume da temporada 2013/14 que terá de ser entregue no ciclo seguinte. 

Já da safra 2014/15 foram divulgadas as vendas de mais 1,4 milhão de toneladas para a semana que terminou em 14 de agosto, além do anúncio de uma nova venda de 120 mil toneladas de soja em grão para a China, também com entrega prevista para o ano comercial 2014/15. 

"O ano de comercialização da safra 2013/14 está entrando em sua última semana de negociação, mas não sem alguns 'fogos de artifício' para o vencimento setembro da soja. O curto prazo continua sendo beneficiado do spread positivo, com os consumidores se esforçando para cobrir os riscos enquanto buscam os estoques remanescentes antes da colheita. O vencimento do contrato setembro traz também uma outra dimensão para o mercado também", disse o editor sênior do site norte-americano Farm Futures, Bryce Knorr, sobre o atual momento dos negócios em seu comentário desta sexta-feira.

Ao mesmo tempo, sobre a nova safra norte-americana as notícias seguem positivas. As principais regiões produtoras do Meio-Oeste dos EUA deverão receber boas chuvas nos próximos dias, principalmente localidades que vinham sofrendo com dias de tempo mais seco, ainda de acordo com informações reportadas por Knorr.

Além disso, novos dados que chegam do Crop Tour Pro Farmer 2014, um dos mais respeitados levantamentos feitos sobre as lavouras no Corn Belt, também confirmam a excelente qualidade das lavouras norte-americanas, o que deve resultar em excelente produtividade tanto para a soja quanto para o milho. 

Em Iowa, a contagem de vagens de soja ficou em 1.173,59 vagens em um espaço de 3x3 pés. O número fica acima da média dos últimos tês anos - de 1.049,68 vagens - e é muito maior do que registrado em 2013, de 927,30 vagens. No caso de Minnesota, foram contadas 1.031,54 vagens/3x3 pés, contra a média de 975,99 da média dos últimos três anos e acima do registrado na safra anterior de 869,42 vagens. Em Illinois, a contagem de vagens ficou em 1.299,17 vagens em um espaço de 3x3 pés. 

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário