Soja: Mercado tem intensa realização de lucros com vendas de fundos

Publicado em 30/10/2014 12:31 877 exibições

Em um intenso movimento de realização de lucros, os preços da soja voltaram a recuar expressivamente no início da tarde desta quinta-feira (30) na Bolsa de Chicago. Após as fortes já registradas nessa semana, os principais vencimentos perdiam entre 10,50 e 12,75 pontos nos princpais vencimentos. Ainda assim, as posições se mantinham em bons patamares, os melhores em dez semanas, de acordo com informações da agência internacional de notícias Bloomberg. 

Apesar de fundamentos ainda muito positivos, principalmente do lado da demanda - não só por soja em grão, mas também por farelo nesses últimos dias -, o mercado futuro norte-americano vem observando uma presença forte e expressiva dos fundos de investimento dando esse movimentação mais acentuada das cotações. No entanto, se esses fundos se mostravam bem compradores nos últimos dias, o posicionamento muda agora, com a busca pela garantia de lucros, e contribui para o tom negativo adotado pelo mercado, algo que já vinha sendo sinalizada por analistas e consultores de mercado. 

"Tivemos um início de semana bastante agitado, principalmente por conta da presença dos fundos verificando a possibilidade de formar algumas posições e agora eles realizam lucros, inclusive dado o avanço da colheita nos EUA e as perspectivas de uma melhora do plantio na América do Sul. Então, com isso eles já observam que esse movimento altista começa a ceder um pouco e  já invertem o movimento e tentam garantir lucros nesse final de semana", explicou o analista de mercado Mársio Antônio Ribeiro, da Cerrado Corretora. 

Mercado Financeiro - Notícias vindas do mercado financeiro também favorecem essa postura dos fundos de investimentos. Com o anúncio do Federal Reserve - o banco central norte-americano - de que irá retirar o estímulo à economia do país encorajou os investidores a a deixarem suas posições em papéis de maior risco, como as commodities agrícolas, para migrarem para ativos mais seguros, como os títulos do Tesouro Americano. Dessa forma, há uma queda quase generalizada entre as commodities agrícolas. 

No entanto, o mercado busca agora entender qual será o futuro da taxa de juros nos Estados Unidos, que apresenta uma perspectiva de elevação, mas as autoridades monetárias ainda não apresentam uma definição de uma data para que isso ocorra ou até mesmo um percentual da alta. Assim, para o economista Roberto Troster, "essa troca de investimentos que estamos vendo no mercado tende a ser pontual e de curta duração”. 

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário