Mato Grosso registra 8 casos de ferrugem em soja comercial em novembro

Publicado em 27/11/2014 11:21 104 exibições

O número de casos confirmados de ferrugem asiática em Mato Grosso chega a 16 em três meses. Somente em novembro oito focos foram confirmados, todos registrados em soja comercial semeada em setembro. As informações são do Consórcio Antiferrugem. Na soja comercial a doença foi verificada nos estádios "Vn", "R1" e "R2". 
 
A maior incidência de ferrugem asiática no estado está em Nova Ubiratã com quatro focos confirmados, sendo apenas um em soja guaxa (involuntária). Em seguida Nova Maringá e Tapurah com três casos cada. Há focos registrados ainda em Alto Araguaia, Alto Taquari, Feliz Natal, Campo Novo dos Parecis, Sapezal, Sorriso e Campo Verde. 
 
O primeiro caso constatado foi no dia 18 de setembro em Campo Verde em planta guaxa da soja, já em estádio "R5" da ferrugem. 
 
No Brasil já são 40 casos confirmados, sendo 17 no Rio Grande do Sul, 16 em Mato Grosso, cinco em Santa Catarina, um no Paraná e um no Mato Grosso do Sul. 
 
Vazio Sanitário
 
Uma das medidas de impedir a proliferação da ferrugem asiática, além de cuidados durante o cultivo da soja, é o Vazio Sanitário que a partir de 2015 passará a ser de 137 dias em Mato Grosso, vigorando de 1º de maior a 15 de setembro. Durante este período é proibida a existência de plantas de soja seja em área rural ou urbana.  

Leia a notícia na íntegra no site do Cenário MT

Tags:
Fonte:
Cenário MT

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário