Argentina: plantio de soja abaixo da média, ameaçado pela seca

Publicado em 07/12/2016 13:12
223 exibições

Os agricultores na Argentina tiveram duas boas semanas para o plantio de soja e, aparentemente, essa semana também deve trazer boas perspectivas, como relata o site Soybeans and Corn. O plantio deverá continuar tendo progresso, embora ainda esteja abaixo da média.

Os argentinos plantaram 12% da soja na última semana e, agora, a previsão da Bolsa de Cereais de Buenos Aires (BCBA) é de que haja 46% da soja total plantada no país. No ano passado, este número era de 55%. Nas regiões do núcleo norte e sul do país, 70% a 80% da soja já foi plantada.

Durante outubro, o clima na Argentina foi particularmente chuvoso. Em seguida, novmebro tornou-se seco, previsão que deve continuar para dezembro. O Serviço Nacional de Meteorologia do país prevê que o clima até fevereiro tem uma alta probabilidade de ser mais seco que o normal na Argentina central e na província de Buenos Aires, que são as duas principais áreas de produção. As temperaturas devem ficar de normais a acima do normal no período.

Portanto, enquanto a previsão a curto prazo é favorável, a situação se complica para o longo prazo. Um La Niña mais fraco na Argentina deverá trazer uma seca superior ao normal para o verão.

A esperança dos produtores é de que boa parte da soja já esteja plantada no final de dezembro, com a segunda safra de soja plantada em janeiro. Se o tempo for mais seco que o normal, é possível que alguns hectares de milho sejam transferidos para a soja.

Na última semana, faltaram chuvas em algumas áreas como o sul da província de Buenos Aires e partes de Córdoba. A região central do país se beneficiou mais do clima que, mais seco, ajudou os produtores a acelerar o plantio.

A área onde o plantio de soja é mais lento, neste momento, é o sul de Buenos Aires, que sofreu com o frio nas últimas semanas e com uma seca na maior parte da primavera.

Com informações do Soybeans and Corn

Por:
Izadora Pimenta
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário