Maiores produtores de soja do mundo dizem "não" a imposto sobre exportação no Paraguai

Publicado em 27/06/2017 17:35 1092 exibições

Na 20ª sessão do Diálogo Internacional de Produtores de Oleaginosas (IOPD, na sigla em inglês), que foi realizada em Sydney, na Austrália, os maiores produtores de soja a nível mundial elevaram a voz e lançaram um pronunciamento em relação à intenção de taxar as exportações de soja no Paraguai, país membro do grupo.

O documento foi assinado pelas principais entidades de produtores, exportadores e comercializadores de oleaginosas que são membros deste bloco. Em um dos trechos, o documento aponta: "os membros do Diálogo Internacional de Produtores de Oleaginosas (IOPD) se opõem aos impostos sobre a exportação ou qualquer imposto diferenciado devido ao alto impacto na competitividade e também na produtividade, no comércio e na rentabilidade".

A Câmara Paraguaia de Exportadores e Comercializadores de Cereais e Oleaginosas (Capeco) representa o Paraguai neste grupo, juntamente com a Associação de Produtores de Soja, Cereais e Oleaginosas do Paraguai (ARS).

Desde bloco, também são membros: Estados Unidos, Brasil, Argentina, França, Canadá, Austrália, Alemanha, Reino Unido e Malásia.

Tradução: Izadora Pimenta

Tags:
Fonte:
Productiva S.A.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário