Empresa obtém rendimento recorde plantando soja no Chaco paraguaio

Publicado em 14/07/2017 14:37 590 exibições

Na safra passada, o Grupo Cresca SA, que tem como gerente Carlos Passerieu, alcançou um rendimento recorde de 3.917kg por hectare de soja no Chaco do Paraguai, uma região que, tradicionalmente, não planta o cultivo no país.

A empresa já completa onze safras no departamento. O gerente da empresa disse para o site ElAgro.com.py que as condições climáticas foram "excepcionais" e que a distribuição de água no Chaco é um elemento chave.

Assim, Passerieu acredita que a soja "pode vir para ficar" no Chaco. Entretanto, esse ritmo de crescimento vai ser lento, já que os produtores da zona, em sua maioria, pecuaristas, trabalham muito com rotação de culturas.

Passerieu contou que o departamento traz características diferentes como o tipo de solo e problemas de textura. Com isso, a empresa vem trabalhando na estabilização do solo - quando começaram a plantar, o rendimento era de apenas 1200kg por hectare.

O nível de matéria orgânica, agora, permite que os rendimentos aumentem cerca de 20% por ano.

Devido à umidade, o departamento não pode receber cultivos de inverno, possibilitando apenas a safra de verão, que deve ser feita com, ao menos, 80%de água útil no solo - para isso, é preciso manter, durante todo o inverno, o solo livre de pragas e doenças.

Tradução: Izadora Pimenta

Fonte:
ElAgro.com.py

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário