Soja amplia seus ganhos em Chicago nesta 5ª feira à espera dos números do USDA

Publicado em 10/08/2017 08:09 e atualizado em 10/08/2017 12:22
1642 exibições

O mercado da soja na Bolsa de Chicago vem intensificando suas altas na sessão desta quinta-feira (10) à espera dos novos números que o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) às 13h (horário de Brasília). Por volta de 12h, as cotações subiam, entre as posições mais negociadas, 8 pontos, com o novembro/17 sendo cotado a US$ 9,81 por bushel. 

E em dia de boletim mensal de oferta e demanda do departamento norte-americano segue a cautela até sua divulgação e a ansiedade, este ano, é grande entre os traders. Até esse momento, o mercado aposta em uma perda de 10 milhões de toneladas na safra de milho e algo entre 1 e 2 milhões para a soja, como explica o consultor de mercado Flávio França, da França Junior Consultoria. 

Além disso, é importante lembrar que esse reporte traz os primeiros números 'reais' da safra, já que estará baseado em pesquisas efetivas de campo. "Os dados de produtividade são o ponto de atenção", diz o boletim da Benson Quinn Commodities, que explica ainda que são esperadas reações intensas das cotações com números tanto maiores quanto menores em relação aos de julho.

"Se o USDA surpreender com uma produtividade maior e o mercado realizar vendas intensas de posições, os consumidores finais podem vir à ponta compradora do mercado para aproveitar as baixas. Mas se surpreende com rendimentos menores, os produtores podem aproveitar o rally para fazer algumas vendas", diz a consultoria internacional. 

No link a seguir, veja a análise da Ana Luiza Lodi, da INTL FCStone, para as expectativas dos números do USDA desta quinta em entrevista ao Notícias Agrícolas:

>> USDA chega nesta quinta-feira (10) com os primeiros números do campo e perdas mais intensas devem ser para o milho

Portanto, a orientação de analistas e consultores e atenção aos números desta quinta-feira. No link a seguir, veja as expectativas detalhadas do mercado para o boletim de agosto do USDA:

>> USDA deve trazer números menores para soja e milho nos EUA nesta 5ª feira

 

Tags:
Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário