Diário de Viagem Argentina 2018: Chuvas dos próximos dias devem definir número final da safra de soja argentina

Publicado em 12/02/2018 08:35 e atualizado em 16/02/2018 10:07
2433 exibições

LOGO nalogo

5° Dia - 15 de fevereiro

Por Ginaldo Sousa

Concluímos o nosso Crop Tour pela Argentina. Foram 3 mil km percorridos por lavouras nas províncias de Buenos Aires, Santa Fe, Córdoba e La Pampa. Neste quinto dia, saímos de Rosario, onde fizemos uma visita à Bolsa de Comércio local. Lá estivemos reunidos com dois analistas que nos reportaram suas preocupações com a safra, cuja estimativa é da ordem de 52 milhões de toneladas. Na próxima quarta-feira a Bolsa divulgará uma nova estimativa, para a qual nos deram a entender que irão reduzir este número devido à falta de chuvas recentemente e também pelos índices baixos desde novembro até agora. Saímos de Rosario em direção a Pergamino. No extremo sul de Santa Fe, as lavouras estão fracas, com solo muito seco e necessitando urgentemente de chuvas. No extremo norte da província de Buenos Aires a situação é a mesma. Estas são as duas piores áreas que presenciamos, muito parecidas com a área central de La Pampa. De Pergamino seguimos em direção ao Sul e logo depois de 30km já voltamos a ter lavouras boas - e assim foi, até Junin. Em Junin pegamos a Rodovia 7 em direção à Cidade Autônoma de Buenos Aires e por mais 270km encontramos lavouras boas, no mesmo porte que o centro e norte de Santa Fe. Em um resumo final, dá para se dizer o seguinte: se chover de uma maneira geral nos próximos cinco dias, a safra Argentina não será menor do que de 54 milhões de toneladas. Porém, se não chover e o clima continuar irregular e seco como tem sido até o momento, a safra deve ser menor ou próxima que 50 milhões de toneladas.

Primeira parada - Pavón Arriba, Santa Fe

Crop Tour Argentina 2018 - Pavón Arriba 1

Crop Tour Argentina 2018 - Pavón Arriba 5Crop Tour Argentina 2018 - Pavón Arriba 4Crop Tour Argentina 2018 - Pavón Arriba 3

Crop Tour Argentina 2018 - Pavón Arriba 2

Segunda parada - Bolsa de Comércio de Rosario, Santa Fe

Crop Tour Argentina 2018 - Bolsa de Comercio de RosarioCrop Tour Argentina 2018 - Bolsa de Comercio de Rosario 2Crop Tour Argentina 2018 - Bolsa de Comercio de Rosario 3Crop Tour Argentina 2018 - Bolsa de Comercio de Rosario 4Crop Tour Argentina 2018 - Bolsa de Comercio de Rosario 5Crop Tour Argentina 2018 - Bolsa de Comercio de Rosario 7Crop Tour Argentina 2018 - Bolsa de Comercio de Rosario 8Crop Tour Argentina 2018 - Bolsa de Comercio de Rosario 11Crop Tour Argentina 2018 - Bolsa de Comercio de Rosario 9

Terceira parada - Roberto Cano, Buenos Aires

Crop Tour Argentina 2018 - Roberto Cano 1Crop Tour Argentina 2018 - Roberto Cano 2Crop Tour Argentina 2018 - Roberto Cano 3Crop Tour Argentina 2018 - Roberto Cano 4Crop Tour Argentina 2018 - Roberto Cano 5Crop Tour Argentina 2018 - Roberto Cano 6Crop Tour Argentina 2018 - Roberto Cano 7Crop Tour Argentina 2018 - Roberto Cano 8Crop Tour Argentina 2018 - Roberto Cano 9

Quarta parada - Chacabuco, Buenos Aires

Crop Tour Argentina 2018 - Chacabuco 1Crop Tour Argentina 2018 - Chacabuco 2Crop Tour Argentina 2018 - Chacabuco 3Crop Tour Argentina 2018 - Chacabuco 4Crop Tour Argentina 2018 - Chacabuco 5Crop Tour Argentina 2018 - Chacabuco 6

4° Dia - 14 de fevereiro

Por Ginaldo Sousa

Saímos de General Pico, em La Pampa, pela Rodovia 33. Chegamos em Buenos Aires e passamos por General Villegas e Piedritas. Cruzamos a Rodovia 7, passamos por Rufino (Santa Fe), Muñoz (Santa Fe) e pegamos a Rodovia 14 até Rosario (Santa Fe). As lavouras de soja que percorremos ontem estão melhores que as da área central da província de La Pampa, mas o milho continua com os mesmos problemas verificados. Ao entrarmos em Santa Fe, a mudança é visível: as lavouras mantém o mesmo padrão e qualidade verificados na área leste da província em nosso segundo dia de viagem, com alto padrão das lavouras em fase de enchimento, mas com solo um pouco seco e precisando de chuva - porém, sem a mesma urgência de Córdoba e La Pampa. Na quinta-feira (15), vamos visitar a Bolsa de Rosario e depois vamos continuar a rodar a província de Buenos Aires na qual, segundo informações, as lavouras não estão no mesmo padrão que Santa Fe.

Primeira parada - America, Buenos Aires

Crop Tour Argentina 2018 - America 4

Crop Tour Argentina 2018 - America 1Crop Tour Argentina 2018 - America 2Crop Tour Argentina 2018 - America 3

Crop Tour Argentina 2018 - America 5

Segunda parada - Piedritas, Buenos Aires

Crop Tour Argentina 2018 - Pedritas 1

Crop Tour Argentina 2018 - Pedritas 4Crop Tour Argentina 2018 - Pedritas 3Crop Tour Argentina 2018 - Pedritas 2

Terceira parada - Venado Tuerto, Santa Fe

Crop Tour Argentina 2018 - Venado TuertoCrop Tour Argentina 2018 - Venado Tuerto 2Crop Tour Argentina 2018 - Venado Tuerto 3Crop Tour Argentina 2018 - Venado Tuerto 4Crop Tour Argentina 2018 - Venado Tuerto 5Crop Tour Argentina 2018 - Venado Tuerto 6

Quarta parada - Muñoz, Santa Fe

Crop Tour Argentina 2018 - Muñoz 5

Crop Tour Argentina 2018 - Muñoz 4Crop Tour Argentina 2018 - Muñoz 3Crop Tour Argentina 2018 - Muñoz 2

Crop Tour Argentina 2018 - Muñoz 1

 

3° Dia - 13 de fevereiro

Por Ginaldo Sousa

Saímos de Rio Cuarto, na província de Córdoba, pela Rodovia 35, em direção ao Sul e à província de La Pampa, descendo até a cidade de Santa Rosa e seguindo para General Pico. As temperaturas estavam amenas, mas logo à tarde esquentaram e vieram para casa dos 32°C a 33°C. Em todo este trajeto verificamos milho muito ruim, com perdas mais acentuadas do que nas províncias de Santa Fe e grande parte de Córdoba. A soja está em bom estado e pode ter uma boa produção se as chuvas vierem nos próximos 5 a 7 dias. Há sojas formando vagem e outras em fase de enchimento, mas a região está sem reservas hídricas no solo. As chuvas são vitais para a safra Argentina neste momento, principalmente nesta região. Para a quarta-feira (14), iremos sair de General Pico em direção a Rosario (província de Santa Fe), para percorrer a província de Buenos Aires até a quinta-feira (15), quando teremos, no final da tarde, dados mais concretos para a safra de soja na Argentina, embora tudo dependa das chuvas nos próximos dias.

Primeira parada - Malena, Córdoba

Impressões: Lavouras muito boas com potencial de produção excelente, mas chuvas precisam ser registradas nos próximos dias.

Crop Tour Argentina 2018 - 1ª parada 13/02 - Malena

Crop Tour Argentina 2018 - 1ª parada 13/02 - Malena Crop Tour Argentina 2018 - 1ª parada 13/02 - Malena Crop Tour Argentina 2018 - 1ª parada 13/02 - MalenaCrop Tour Argentina 2018 - 1ª parada 13/02 - Malena Crop Tour Argentina 2018 - 1ª parada 13/02 - Malena Crop Tour Argentina 2018 - 1ª parada 13/02 - MalenaCrop Tour Argentina 2018 - 1ª parada 13/02 - Malena Crop Tour Argentina 2018 - 1ª parada 13/02 - Malena

Segunda parada - Tosquita, Córdoba

Crop Tour Argentina 2018 - 2ª parada 13/02 - Tosquita

Crop Tour Argentina 2018 - 2ª parada 13/02 - Tosquita Crop Tour Argentina 2018 - 2ª parada 13/02 - Tosquita Crop Tour Argentina 2018 - 2ª parada 13/02 - TosquitaCrop Tour Argentina 2018 - 2ª parada 13/02 - Tosquita

Terceira parada - Nicolás Bruzzone, Córdoba

Crop Tour Argentina 2018 - 3ª parada 13/02 - Nicolás Bruzzone

   

Quarta parada - Embajador Martini, Córdoba

Crop Tour Argentina 2018 - 4ª parada 13/02 - Embajador Martini

Crop Tour Argentina 2018 - 4ª parada 13/02 - Embajador Martini Crop Tour Argentina 2018 - 4ª parada 13/02 - Embajador Martini Crop Tour Argentina 2018 - 4ª parada 13/02 - Embajador MartiniCrop Tour Argentina 2018 - 4ª parada 13/02 - Embajador Martini Crop Tour Argentina 2018 - 4ª parada 13/02 - Embajador Martini Crop Tour Argentina 2018 - 4ª parada 13/02 - Embajador Martini

Quinta parada - La Carlota, Córdoba

Crop Tour Argentina 2018 - 5ª parada 13/02 - Col. La CarlotaCrop Tour Argentina 2018 - 5ª parada 13/02 - Col. La CarlotaCrop Tour Argentina 2018 - 5ª parada 13/02 - Col. La CarlotaCrop Tour Argentina 2018 - 5ª parada 13/02 - Col. La CarlotaCrop Tour Argentina 2018 - 5ª parada 13/02 - Col. La CarlotaCrop Tour Argentina 2018 - 5ª parada 13/02 - Col. La Carlota

 

2° Dia - 12 de fevereiro

Por Ginaldo Sousa

Percorremos algo como 500 km saindo de San Francisco no leste da província de Córdoba, passamos pela cidade de Córdoba, descemos por Vila Maria em direção ao Sul e estamos em Rio Cuarto onde pernoitamos. Neste trecho de ontem verificamos que as lavouras não estão tão boas como as de Santa Fé. O solo está mais seco, existem áreas que precisam de chuvas com mais urgência, encontramos lavouras medianas e boas, mas muita soja tardia plantada durante o mês de dezembro. Essas lavouras ainda tem um bom potencial de produtividade, mas dependendo da região, por exemplo, Vila Maria, as chuvas não podem tardar mais que 5/6 dias. De um modo geral a Província de Córdoba mantém um bom potencial de alta produção, mas as chuvas têm que chegar nos próximos dias.  O milho do cedo que vimos até agora, tanto em Santa Fé como aqui em Córdoba, tem boas perdas, o milho do tarde está bem, mas precisa de boas chuvas rapidamente. Estamos descendo em direção a Lá Pampa onde vamos pernoitar em General Pico. Para hoje tempo seco previsto em todo o país.

Primeira parada - Devoto, Córdoba

Devoto Cordoba

Devoto Cordoba Devoto Cordoba Devoto Cordoba

Segunda parada - Tránsito, Córdoba

Impressões: A região tem planta com ácaro vermelho e presença de  lagarta (spodopthera)

Transito Cordoba Transito Cordoba Transito CordobaTransito Cordoba Transito Cordoba Transito Cordoba

Terceira parada - Toledo, Córdoba

Toledo

Toledo Toledo Toledo

Toledo

Quarta parada - Arroyo Cabral, Córdoba

Crop Tour Argentina 2018 - quarta parada - Município de Arroyo Cabral

Crop Tour Argentina 2018 - QUINTA parada - Município de Luca 09Crop Tour Argentina 2018 - QUINTA parada - Município de Luca 10Crop Tour Argentina 2018 - QUINTA parada - Município de Luca 11Crop Tour Argentina 2018 - QUINTA parada - Município de Luca 12 Crop Tour Argentina 2018 - QUINTA parada - Município de Luca 13 Crop Tour Argentina 2018 - QUINTA parada - Município de Luca 14Crop Tour Argentina 2018 - QUINTA parada - Município de Luca 15

Quinta parada - Luca, Córdoba

Impressões: Áreas mais secas. Não tiveram chuvas nos últimos dias

Crop Tour Argentina 2018 - QUINTA parada - Município de Luca 08

Crop Tour Argentina 2018 - QUINTA parada - Município de Luca 09 Crop Tour Argentina 2018 - QUINTA parada - Município de Luca 10 Crop Tour Argentina 2018 - QUINTA parada - Município de Luca 11Crop Tour Argentina 2018 - QUINTA parada - Município de Luca 12 Crop Tour Argentina 2018 - QUINTA parada - Município de Luca 13 Crop Tour Argentina 2018 - QUINTA parada - Município de Luca 14Crop Tour Argentina 2018 - QUINTA parada - Município de Luca 15 Áreas mais secas. Não tiveram chuvas nos últimos dias - Crop Tour Argentina 2018 - QUINTA parada - Município de Luca 16

Sexta parada - General Cabrera, Córdoba

Impressões: Lavouras com boa capacidade produtiva, mas que necessitam de chuvas para consolidar

Crop Tour Argentina 2018 - Sexta parada - Município de General Cabrera 03

Lavouras com boa capacidade produtiva, mas que necessitam de chuvas para consolidar - Crop Tour Argentina 2018 - Sexta parada - Município de General Cabrera 06 Crop Tour Argentina 2018 - Sexta parada - Município de General Cabrera 05 Crop Tour Argentina 2018 - Sexta parada - Município de General Cabrera 04Crop Tour Argentina 2018 - Sexta parada - Município de General Cabrera 02 Crop Tour Argentina 2018 - Sexta parada - Município de General Cabrera 01

 

1º Dia - 11 de fevereiro

Por Ginaldo Sousa

Boas chuvas caíram na Província de Santa Fé neste final de semana e as temperaturas simplesmente despencaram neste domingo (11) para casa 16/18 graus.  A província de Buenos Aires continuou seca e pelo jeito é que precisa de chuvas com maior urgência. Apesar de termos andado ontem a tardinha em parte da  mesma, esta será a ultima a receber nossa atenção e nossa avaliação. 

Percorremos hoje cerca de 550 km desde San Nicolas até San Francisco na província de Córdoba. Na  província de Santa fé basicamente não verificamos nenhuma lavoura que chamasse atenção. O solo está úmido as plantas têm um ótimo porte, grande maioria em fase de enchimento de vagem e com boas  perspectivas de alta produtividade. Amanhã iremos percorrer toda província de Córdoba, onde também recebeu chuvas neste final de semana em boa parte das lavouras.

O mercado está tentando contrabalançar o aumento da safra brasileira, com a quebra que estimam para a Argentina e os altos estoques americanos de 530 mi/bu anunciados pelo USDA no último dia 8/2. 

As previsões divulgadas agora a tarde pelo modelo EUROPEU mostra que pelos próximos 10 dias o clima vai continuar em toda a Argentina com chuvas abaixo do normal. Talvez isso que esteja dando esta força para as previsões de abertura firme.

Abaixo o mapa válido até 21 /2.

Mapa Argentina

Confira fotos das primeiras paradas do Crop Tour:

1ª parada - Pavón, Santa Fe

Impressões : Solo com rachaduras pelo longo período de seca, mas recebeu chuvas recentes; as plantas tem bom enraizamento  e as lavouras apresentam bom potencial produtivo.

Crop Tour Argentina 2018 - Muncípio de Pavon 1 Crop Tour Argentina 2018 - Município de Pavon 2 Crop Tour Argentina 2018 - Município de Pavon 3Crop Tour Argentina 2018 - Município de Pavon 4 Crop Tour Argentina 2018 - Município de Pavon 5 Crop Tour Argentina 2018 - Município de Pavon 6Crop Tour Argentina 2018 - Município de Pavon 7 Crop Tour Argentina 2018 - Município de Pavon 8 Crop Tour Argentina 2018 - Município de Pavon 9

2ª parada - Roldan, Santa Fe

Crop Tour Argentina 2018 - Município de Roldan 3 Crop Tour Argentina 2018 - Município de Roldan 2 Crop Tour Argentina 2018 - Município de Roldan 1

3ª parada - Luís Palacios, Santa Fe

Impressões: áreas de milho sofrem mais e produtividade está comprometida

Crop Tour Argentina 2018 - Município de Luis Palacios 3 Crop Tour Argentina 2018 - Município de Luis Palacios 2 Crop Tour Argentina 2018 - Município de Luis Palacios 1

4ª parada - Totoras, Santa Fe

Crop Tour Argentina 2018 - Município de Totoras - 03 Crop Tour Argentina 2018 - Município de Totoras - 02 Crop Tour Argentina 2018 - Município de Totoras - 05

5ª parada - Cañada Rosquín, Santa Fe

Impressões: Planta com 80 vagens, indicando bom potencial de produção, além de várias vagens com 4 grãos

Planta com 80 vagens, muito bom potencial de produção - Crop Tour Argentina 2018 - Município de Cañada Rosquín - 05 Várias vagens com 4 grãos - Crop Tour Argentina 2018 - Município de Cañada Rosquín - 04 Crop Tour Argentina 2018 - Município de Cañada Rosquín - 01

6ª parada - San Vicente, Santa Fe

Impressões: Milho plantado mais tarde tem melhor potencial de produção

Milho plantado mais tardio com melhor potencial de produção - Crop Tour Argentina 2018 - Município de San Vicente - 09 Crop Tour Argentina 2018 - Município de San Vicente - 08 Crop Tour Argentina 2018 - Município de San Vicente - 07Crop Tour Argentina 2018 - Município de San Vicente - 06 Crop Tour Argentina 2018 - Município de San Vicente - 05 Crop Tour Argentina 2018 - Município de San Vicente - 04Crop Tour Argentina 2018 - Município de San Vicente - 03 Crop Tour Argentina 2018 - Município de San Vicente - 02 Crop Tour Argentina 2018 - Município de San Vicente - 01

7ª parada - Angelica, Santa Fe

Crop Tour Argentina 2018 - Município de Angelica - 07 Crop Tour Argentina 2018 - Município de Angelica - 06 Crop Tour Argentina 2018 - Município de Angelica - 05Crop Tour Argentina 2018 - Município de Angelica - 04 Crop Tour Argentina 2018 - Município de Angelica - 02 Crop Tour Argentina 2018 - Município de Angelica - 01

Tags:
Fonte: Notícias Agrícolas + Labhoro

0 comentário