Com oferta e demanda no radar, soja encerra 3ª com leves ganhos na Bolsa de Chicago

Publicado em 01/05/2018 16:58
1009 exibições

LOGO nalogo

Nesta terça-feira (01), o mercado da soja encerra a sessão na Bolsa de Chicago (CBOT) do lado positivo da tabela. O contrato maio/17 encerrou com alta de 4,75 pontos, a US$10,42/bushel, enquanto o contrato agosto/18 anotou a mesma alta, a US$10,55/bushel.

A soja experimenta um rally por conta do acidente ocorrido no complexo portuário de Rosario, na Argentina. Contudo, ainda não se sabe qual foi o dano causado e o que irá ocorrer com a demanda pelos produtos provenientes do país, como informa o analista de mercado Jack Scoville em seu boletim de grãos. Contudo, os negócios no país sul-americano estão paralisados desde ontem (30) em função do feriado.

Scoville destaca ainda que o Brasil, com a colheita quase finalizada, também tem usado de rallies para realizar novas vendas. Contudo, a demanda ainda continua sendo um problema, já que as conversas sobre as tarifas por parte do mercado chinês continuam vivas, mas agora há esperanças de que os problemas com os asiáticos possam ser resolvidos antes de qualquer tarifa punitiva ser aplicada.

O mercado também espera, segundo o analista, por uma solução pacífica para as conversas relacionadas ao Tratado Norte-Americano de Livre Comércio (NAFTA), para que as demandas mexicana e canadense continuem influenciando o mercado norte-americano. Porém, a China continua preferindo realizar compras no Brasil, com a safra nova disponível.

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) informou que 17% da área de milho estava plantada até o último domingo, contra um média de 27% de previsões anteriores. Este fator indica um atraso no plantio do cereal, o que pode refletir em áreas de milho migrando para a soja mais adiante.

 

Por: Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário