Governo argentino decide frear queda de direitos de exportação sobre óleo e farelo de soja

Publicado em 14/08/2018 11:49
119 exibições

O Governo argentino decidiu frear a queda de direitos de exportação, as chamadas "retenciones", para o complexo soja.

Em um comunicado divulgado nesta terça-feira (14) pelo Ministério da Fazenda, foi anunciada a suspensão da queda em óleos e farelos de soja por seis meses, mas o esquema de redução de 0,5% por mês para o grão de soja está mantido.

Em prática, isso significa que todos os produtos devem ter uma mesma alíquota de direitos de exportação a partir do próximo ano.

Atualmente, o grão conta com 26% de direitos de exportação e os derivados, 23%. Quando o grão de soja chegar a 23%, todo o complexo soja começaria a ser tributado da mesma forma, até chegar a 18%.

Tradução: Izadora Pimenta

Fonte: Agrovoz

0 comentário