Soja em Chicago segue com estabilidade nesta 5ª feira, mas testa o lado positivo da tabela

Publicado em 01/11/2018 09:05 e atualizado em 01/11/2018 12:18
806 exibições

LOGO nalogo

Nesta quinta-feira (1), os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago trabalham com leves baixas, mantendo-se bem próximos da estabilidade. Depois de testarem algumas ligeiras baixas mais cedo, o mercado passou para o lado positivo da tabela. 

Assim, por volta de 11h (horário de Brasília), as cotações subiam pouco mais de 3 pontos, com o novembro/18 valendo US$ 8,42 e o maio/19, US$ 8,81 por bushel. 

O mercado internacional recuou em mais um dia de movimentação técnica e devolvendo parte dos ganhos registrados no pregão anterior. No entanto, ainda caminhava sem um novo e forte motivo que pudesse mudar a direção das cotações. Ainda assim, segue buscando definir um caminho. 

Os números das novas vendas semanais para exportação dos EUA chegaram e ficaram abaixo das expectativas do mercado. 

Na semana encerrada em 25 de outubro, as vendas norte-americanas de soja somaram apenas 395,8 mil toneladas. O total é 34% menor do que a média das últimas quatro semanas, e o maior comprador foi Portugal. As expectativas variavam de 400 mil a 760 mil toneladas. 

Novos cancelamentos foram reportados, nesta semana de 519 mil toneladas para destinos não revelados e 62,8 mil toneladas da China. 

No acumulado da temporada, os EUA já têm comprometidas 21.450,7 milhões de toneladas, contra mais de 30,3 milhões do ano passado, nesse mesmo período. A estimativa do USDA para toda a temporada é de que o país exporte 56,07 milhões de toneladas. 

Leia mais:

>> China importa 28% mais soja do Brasil e segue evitando mercado dos EUA

Veja como fechou o mercado nesta quarta-feira:

>> Soja: Mercado passa por correção técnica e fecha 4ª feira em alta na Bolsa de Chicago

Tags:
Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário