Argentina: chuvas superam a média do mês nos Pampas e safra de soja pode ser afetada

Publicado em 19/12/2018 09:58
126 exibições

Quase um quarto da região dos Pampas, na Argentina, recebeu em dezembro chuvas que superam a média para esse mês.

O dado foi divulgado pela Bolsa de Comércio de Rosario (BCR). Em nove dias, as chuvas quebraram marcas históricas. As médias, que ficam entre os 100mm a 120mm, estão sendo superadas em 22%. As áreas mais afetadas são o leste de Santa Fe, o nordeste de Buenos Aires e toda a província de Entre Ríos, que já superam os 150mm.

A questão das chuvas, entretanto, pode afetar a safra de soja. Para a BCR, o plantio de outubro está em boas condições, mas o plantio de novembro está entre regular e ruim. Há áreas que receberam replantio por conta das chuvas e dos temporais. O plantio de soja de segunda etapa que foi feito há poucos dias pode ser perdido nas áreas mais afetadas.

Na zona de Pergamino, Colón, Rojas, General Arenales e sul de Santa Fe, os técnicos da entidade apontam que a forte chuva deixou danos importantes. O campo ficou coberto de água e os quadros com soja possuem um número de plantas baixo. O porte das plantas também é muito inferior. As baixas temperaturas, associadas aos excessos hídricos, estão deixando um grande efeito negativo nos cultivos.

De acordo com o boletim, a quinta e a sexta-feira devem trazer uma nova instabilidade, com maior probabilidade de chuvas no norte de La Pampa, noroeste de Buenos Aires e sul de Santa Fe. Se esperam chuvas moderadas que, localmente, podem ser intensas.

Tradução: Izadora Pimenta

Fonte: La Nación

Nenhum comentário