Argentina: soja da Zona Núcleo supera as expectativas e produção deve chegar a 20 mi t

Publicado em 01/03/2019 09:34
117 exibições

LOGO nalogo

Na Zona Núcleo da Argentina, o rendimento médio da soja superou as perspectivas e alcançou os 4000kg por hectare.

Apesar dos excessos de água, em alguns setores, com mais de 100mm, a oleaginosa foi bastante beneficiada. Agora, com reservas suficientes de umidade, a soja de primeira etapa irá terminar seu enchimento de grãos sem limitantes.

Para a soja de primeira etapa tardia, o ocorrido foi importante para afirmar seu potencial. E na soja de segunda etapa foi ainda mais importante, já que a pressão da falta de água estava resultando na mortalidade de plantas. Foi um evento fundamental para frear as perdas dos lotes mais deteriorados.

Assim, a soja de primeira etapa deve ter 4300kg por hectare e a soja de segunda etapa, 3300kg por hectare, somando uma produção total de 20 milhões de toneladas na Zona Núcleo.

As informações são da Bolsa de Comércio de Rosario (BCR).

Por: Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário