Em Chicago, cotações futuras da soja operam com desvalorizações na manhã desta 2ª feira

Publicado em 19/08/2019 09:26 e atualizado em 19/08/2019 10:55
1953 exibições
Preços estão em queda devido as boas chuvas que caíram durante o final de semana

LOGO nalogo

Os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago (CBOT) trabalham em campo negativo da tabela na manhã desta segunda-feira (19). Por volta das 9h07 (horário de Brasília), as principais posições da commodity exibiam uma quedas em torno de  de 7,25 a 6,75 pontos O contrato setembro/19 era negociado a US$ 8,60/bushel, enquanto o contrato novembro/2019 trabalhava US$ 8,73/bushel. 

De acordo com a análise de Bryce Knorr da Farm Futures, os futuros de grãos estão registrando quedas nesta manhã, depois das boas condições climáticas com chuvas no final de semana  no leste do Corn Belt, Ohio, Indiana e Illinois.“As cotações da soja estão mais baixas depois de uma tentativa de recuperação após um pregão de domingo fraco que se transformou em vendas”, afirma Knorr.   

Segundo as informações divulgadas pela a Labhoro, as áreas de Iowa e o Sul de Minnesota ainda precisam de chuvas para os próximos dias. “As previsões para as  próximas 36 horas mostram bom potencial de chuvas para os estados do Delta. As chuvas variaram de 12.5 mm a 50 mm o que certamente trará impacto sobre o potencial de produtividade”, informou a Labhoro.  

Confira como fechou o mercado na última sexta-feira:

>> Soja sobe mais de 16% em reais por saca desde maio no porto de Paranguá

Tags:
Por: Andressa Simão
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário