Soja trabalha em alta nesta 4ª em Chicago e se prepara para novo boletim do USDA

Publicado em 08/04/2020 07:20 e atualizado em 08/04/2020 11:05 2733 exibições

LOGO nalogo

O mercado da soja sobe na Bolsa de Chicago nesta manhã de quarta-feira (8). As cotações, por volta de 6h55 (horário de Brasília), as posições mais negociadas subiam pouco mais de 4 pontos nos principais contratos, com o maio sendo cotado a US$ 8,58, o julho a US$ 8,65 e o agosto, US$ 8,68 por bushel. 

A semana é mais curta para o mercado, com o feriado da Sexta-Feira Santa, e recebe nesta quinta-feira, 9, o novo boletim mensal de oferta e demanda do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) e se ajusta diante disso. 

Todavia, o traders ainda dividem suas atenções entre estes fatores e as questões ligadas à demanda da China nos EUA, que são determinantes para um novo comportamento dos preços em Chicago, bem como as notícias e desdobramentos da pndemia do novo coronavírus. 

"Os operadores de Chicago continuam apostando que a China irá comprar muito nos EUA, mas ainda pouco levou, e desta forma limita avanços nos indicativos, que estão baratos para os compradores e baratos para os chineses", explica Vlamir Brandalizze, consultor da Brandalizze Consulting.

Veja como fechou o mercado nesta terça-feira:

>> Soja: Mercado no Brasil mantém preços firmes, apesar da baixa do dólar e Chicago estável nesta 3ª

Tags:
Por:
Carla Mendes| [email protected]
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário