Soja sobe em Chicago nesta 4ª feira buscando fôlego depois das últimas baixas

Publicado em 22/04/2020 07:24 e atualizado em 22/04/2020 11:33 1705 exibições
No Brasil, após o feriado, foco permanece sobre o dólar e moeda deve seguir valorizada

LOGO nalogo

O mercado da soja dá continuidade às leves altas registrada no pregão anterior e opera com leves altas na manhã desta quarta-feira (22) na Bolsa de Chicago. Os futuros da oleaginosa subiam entre 2,25 e 3,25 pontos nos principais contratos, levando o maio a US$ 8,34 e o novembro a US$ 8,50 por bushel. 

A movimentação dos preços do petróleo - e o barril em Nova York sendo cotado a pouco mais de US$ 11,00 - é um dos principais fatores monitorados pelos traders, ao lado do restante do mercado financeiro e dos demais fundamentos da soja, os quais também são negativos neste momento. 

As reações do mercado continuam refletindo os desdobramentos da pandemia de coronavírus em todo o mundo e espera por notícias melhores, principalmente aquelas relacionadas à economia e ao consumo. 

"A sociedade, de modo geral, tenta ser positiva, mas os mercados não têm emoção, e o pessimismo ainda predomina. Sem vacina ou cura confiável ainda, mesmo com vários países demonstrando que o pico já passou, começa a haver medo de uma segunda onda do surto do coronavírus. Com isso, todos continuam na defensiva e os temores de uma grave recessão econômica global sem precedentes voltaram a assustar", explica Steve Cachia, consultor de mercado da Cerealpar. 

No Brasil, as movimentações também são como antes. Foco total no dólar e na possibilidade de que a moeda americana continue alta diante do atual cenário. "Salvo intervenções agressivas pelo Banco Central brasileiro, o dólar deve continuar dando suporte aos preços de soja", complementa Cachia.

Veja como fechou o mercado nesta terça-feira, por Virgínia Alves:

>> Em momento de fragilidade para o setor financeiro, soja tem dia de valorização em Chicago

Tags:
Por:
Carla Mendes| [email protected]
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário