Aprosoja MT solicita ao Mapa aumento de recursos para construção de armazéns

Publicado em 22/06/2021 15:42 154 exibições
Presidente da entidade, Fernando Cadore, se reuniu com ministra da Agricultura, Tereza Cristina, para solicitar demanda dos produtores

Desburocratizar o acesso ao crédito para que o pequeno e médio produtor rural possa construir armazéns nas propriedades e ter mais segurança para guardar os grãos é uma demanda da atual diretoria da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja MT). O presidente da entidade, Fernando Cadore, se reuniu nesta terça-feira (22.06), com a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, para reforçar e alinhar últimos detalhes quanto ao pleito dos produtores.

O pedido da associação é para que o problema enfrentado pelo segmento, em relação ao déficit de armazenagem no país, seja solucionado. “Precisamos que o Plano Safra 2021/22 inclua mais recursos ao Programa de Construção de Armazéns (PCA), suficientes para solucionar o déficit de armazéns, com taxas de juros acessíveis, e acesso desburocratizado ao crédito”, afirmou o presidente Fernando Cadore.

De acordo com Cadore, a disponibilidade do acesso ao crédito para o pequeno e médio produtor mitigaria a pressão sazonal sobre a infraestrutura logística, além de garantir a disponibilidade interna de produtos agrícolas. “É uma questão de segurança alimentar. O agricultor ganha por ter onde guardar a sua produção e não comercializar de forma tão antecipada, e a sociedade tem alimento disponível sem oscilações de preços nas prateleiras dos mercados”, explicou.

Armazém para Todos

Na última quarta-feira (16.06), a Aprosoja MT lançou a campanha Armazém para Todos com objetivo de incentivar a construção de silos nas pequenas e médias propriedades rurais e desmistificar a ideia de que construção de armazéns em pequenas propriedades é inviável.

De acordo com dados do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso, 76,6% das propriedades rurais têm até mil hectares, ou seja, cerca de seis mil pequenos produtores. “Estamos avançando em produção e precisamos ter armazéns. É hora de romper paradigmas para que a nossa produtividade não fique comprometida”, finalizou Cadore.

Tags:
Fonte:
Aprosoja MT

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário