Publicidade

Após máxima em 2 meses e 6 sessões de alta, trigo recua e puxa soja e milho em Chicago nesta 5ª

Publicado em 22/07/2021 07:59 e atualizado em 22/07/2021 09:11 3602 exibições

Logotipo Notícias Agrícolas

Os futuros da soja, milho e trigo recuam na Bolsa de Chicago nesta manhã de quinta-feira (22). Depois de altas boas já registradas no início da semana, o mercado passa por um novo movimento de realização de lucros, com os preços da soja cedendo entre 19,75 e 21 pontos nos principais contratos, levando o agosto a US$ 14,19 e o novembro a US$ 13,70 por bushel. 

Os mercados de soja e milho acompanham as baixas do trigo, que aparecem depois de seis sessões consecutivas de alta e dos preços do grão terem alcançado sua máxima em dois meses. Assim, por volta de 7h50 (horário de Brasília), os futuros do trigo tinha perdas de 16 e 17 pontos, com  o setembro valendo US$ 6,94 e o dezembro, US$ 7,02 por bushel. 

"A situação climática não é boa, tem estado muito quente e seco nos Estados Unidos. Mas, por agora, acreditamos que o mercado já tenha absorvido e entendido isso", explica o agroeconomista Phin Ziebell à Reuters Internacional. 

Assim, o mercado precisa de mais novidades para voltar a se posicionar com mais intensidade, além de aproveitar o avanço recente das commodities para embolsar parte dos lucros. 

Publicidade

Acompanhando as baixas da soja estão recuando ainda os futuros do farelo e do óleo, que cedem mais de 1% na Bolsa de Chicago nesta manhã de quinta-feira. 

Ainda hoje, o mercado espera também pelo novo boletim semanal de vendas para exportação. 

Veja como fechou o mercado nesta quarta-feira:

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário