Soja: Bolsa de Buenos Aires reduz estimativa da área de plantio na Argentina por clima adverso

Publicado em 13/01/2022 17:42 781 exibições

Logotipo Notícias Agrícolas

A Bolsa de Cereais de Buenos Aires atualizou suas projeções para a safra 2021/22 de soja trazendo uma correção na área cultivada nesta safra em função das adversidades climáticas. O boletim divulgado nesta quinta-feira (13) afirma que "a projeção de área caiu para 16,4 milhões de hectares e se explica pela impossibilidade de completar os planos de semeadura em setores do extremo sul da região agrícola". O país continua sofrendo com dias muito quentes - com temperaturas superando os 40ºC - e ausência de chuvas. 

A instituição afirma ainda que cerca de de 8,5% da área que foi possível de ser plantada já está dando início a seu período crítico e que tão logo o plantio seja finalizado - hoje concluído em 92,5% da área, o cenário de produção será atualizado.

Plantio Soja ARG - Bolsa de BsAs
Fonte: Bolsa de Cereais de Buenos Aires

O boletim semanal da bolsa de Buenos Aires mostra ainda que o índice de lavouras de soja em boas ou excelentes condições caiu expressivamente, de 48% para 31%. Assim, o índice de campos em condições regulares passou de 13% para 29% e em condições ruins ou muito ruins de 39% para 40%. 

Além disso, 60% das condições de umidade são ruins ou muito ruins, contra 42% da semana passada. 

Condições safra Arg - Bolsa de BsAs
Fonte: Bolsa de Cereais de Buenos Aires

A Bolsa de Cereais de Buenos Aires ainda estima a safra de soja da Argentina em 44 milhões de toneladas. Nesta quinta-feira, a Bolsa de Comércio de Rosário informou um corte na sua estimativa de cinco milhões de toneladas, passando a projetar a produção do país em 40 milhões de toneladas. 

Tags:
Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário