INTERNACIONAL: Monsanto pode perder tentativa de interromper as importações argentinas de soja

Publicado em 09/03/2010 11:43 e atualizado em 09/03/2010 15:38 676 exibições
A Monsanto, maior companhia de sementes do mundo, não pode contar com uma patente europeia para a soja e assim bloquear as importações de farelo de soja argentino, disse um assessor da União Europeia. 

A patente europeia para a característica que torna a soja mais resistente a herbicidas não se estende ao farelo de soja de sementes patenteadas, explicou Paolo Mengozzi, advogado do Tribunal de Justiça Europeu.

A Argentina, terceiro maior exportador de soja depois do Brasil e Estados Unidos, é um dos poucos países onde a Monsanto não detém a patente das sementes resistentes a herbicidas. A decisão da patente europeia pode autorizar a empresa a bloquear as importações argentinas de farelo de soja e produtos relacionados.

Mesmo não podendo atuar com essa patente na Argentina, a Monsanto compensa com o uso das patentes em outros países, como o Brasil, graças a acordos com agricultores. Em 2008, 68,5% das exportações de soja e de produtos de soja da Argentina foram para os Estados Unidos, segundo informações da Bolsa de Cereais de Rosário. 

Tradução: Carla Mendes
Tags:
Fonte:
Bloomberg

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário