Inicia colheita da soja no Rio Grande do Sul

Publicado em 15/03/2010 08:51 1072 exibições
Com as condições registrando tempo mais seco, os produtores puderam iniciar de maneira mais efetiva a colheita da safra 2009/2010, ceifando cerca de 1% da área total cultivada. Segundo o Informativo Conjuntural, elaborado pela Emater/RS-Ascar, os primeiros resultados são promissores, com rendimentos próximos aos 3 mil kg/ha, como média, em diversas lavouras. Com a parada das chuvas, diminuiu de maneira considerável a incidência de pragas e moléstias, em especial a incidência de ferrugem asiática. De maneira geral o quadro geral das lavouras é bastante promissor, com expectativas de rendimentos bem acima do esperado inicialmente. 

Avança também a colheita do arroz. Impulsionada pelo tempo seco, que faz com que os produtores não tenham dificuldades em executa-la, a cultura chega nesta semana a 15% do total e fica à frente em um ponto percentual em relação á média dos últimos anos. Essa situação não deverá perdurar por muito tempo, devendo ocorrer uma diminuição no ritmo uma vez que, devido às chuvas de novembro de 2009, a maioria das lavouras foi implantada com atraso e no final do período recomendado. Até o momento, os rendimentos obtidos nessas primeiras lavouras têm variado bastante. Na Fronteira Oeste, zona mais adiantada em termos de colheita, oscilam entre 6 mil kg/ha a 7 mil kg/ha. Já na Depressão Central, zona duramente atingida pelos temporais do final de ano, as lavouras apresentam produtividades mais baixas, ficando ao redor dos 6 mil kg/ha e chegando, em alguns casos, a 5,5 mil kg/ha.

Nesta semana o percentual de área colhida do milho chega a 41% do total, com outros 19% já em fase madura e por colher. Nos últimos dias, segundo os técnicos, as condições de tempo mais seco e temperaturas mais elevadas fizeram com que parte das lavouras apresentasse uma aceleração no processo de maturação. Isso poderá intensificar o processo de colheita do cereal. As informações são de assessoria de imprensa.

Tags:
Fonte:
Correio do Povo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário