Demanda da China por soja pressiona oferta global exportável

Publicado em 11/02/2011 13:00 e atualizado em 11/02/2011 15:44

De acordo com o relatório divulgado nesta sexta-feira pelo Rabobank, a demanda da China por soja está aumentando a pressão sobre a oferta global para exportação, que deverá ficar abaixo da estimativa do governo americano. Isso deverá impulsionar ainda mais os preços que nos últimos três meses, já subiram 18% na Bolsa de Chicago.

A produção combinada entre os maiores exportadores da oleaginosa, Estados Unidos, Brasil e Argentina deverá recuar nove milhões de toneladas neste ano. De acordo com o banco, isso irá reduzir a oferta global para exportação em mais de quatro milhões de toneladas em relação às estimativas atuais do USDA de 98,7 milhões de toneladas.

A China importou 5,5 milhões de toneladas no mês de novembro e 5,4 milhões em dezembro. As importações registraram um crescimento de 29% ao longo do ano passado, atingindo um recorde de 54,8 milhões de toneladas.

Tags:
Por:
Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário