Atraso na colheita segura cotações da soja em Goiás

Publicado em 10/03/2011 11:06 704 exibições
A colheita continua como a grande preocupação para os produtores de soja em Goiás. As chuvas não dão trégua e o atraso na colheita já começa a causar prejuízos na qualidade do grão colhido. Até o momento, pouco mais de 35% das lavouras já foiram colhidas, enquanto, no mesmo período do ano passado a porcentagem atingia 46%.

Em relação ao preço, após um fevereiro com forte recuo no mercado interno, março inicia com estabilidade nas cotações, mesmo diante das contínuas quedas em Chicago. A pressão de oferta até o momento não faz com que os preços do disponível se aproximem da paridade de exportação, devido principalmente à grande quantidade de soja negociada antecipadamente.

Na bolsa de mercadorias de Chicago (Cbot, sigla em inglês) foi o terceiro dia consecutivo de queda. Players de mercado estão cautelosos à espera do relatório de oferta e demanda do Departamento de Agricultura do EUA (USDA, sigla em inglês). Porém, o mercado já se antecipou aos possíveis aumentos nos estoques americanos e da produção mundial, que deve ser apresentada por este relatório amanhã (10) e fechou com mais de 30 pontos de queda.

Além disso, a situação política no Oriente Médio continua a preocupar. A escalada no preço do petróleo pode trazer prejuízos ao consumo de commodities, reduzindo a demanda pela soja.
Tags:
Fonte:
FAEG- GO

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário