Soja recua com baixa dos grãos e possíveis novas políticas de contenção na China

Publicado em 27/04/2011 11:40 1129 exibições
Quarta-feira de grãos pressionados na Bolsa de Chicago. O mercado ainda continua cauteloso frente ao pronunciamento do presidente do Federal Reserve, sente a pressão da melhora do clima para o milho e trigo e também do possível anúncio de novas políticas contracionistas adotadas pela China. 

A fala de Ben Bernanke, presidente do FED (o Banco Central norte-americano) deve trazer medidas que  podem mexer com o andamento do dólar e, fatalmente, afetar as commodities de uma maneira geral. O discurso acontece por volta das 15h30 (horário de Brasília).

Quanto ao clima, as previsões sinalizam uma melhora nas condições para o milho nos Estados Unidos e para o trigo na Europa. Este clima mais favorável dá a tônica do mercado nesta quarta-feira, com os grãos em Chicago já registrando perdas de dois dígitos.

Alguns modelos climáticos apontam tempo mais seco para os próximos dias, especialmente sobre o oeste do cinturão produtor, o que poderia favorecer o plantio do milho nos Estados Unidos. O processo segue bastante atrasado e até o último domingo registrava apenas 9% da área estimada em 37,23 milhões de hectares.

Além disso, há a previsão ainda de condições mais favoráveis para o cultivo de trigo na Europa, o que também pode pesar sobre os preços. Nos últimos dias, as lavouras dos EUA, Canadá, China e alguns países produtores da Europa sofreram com uma forte estiagem, a qual comprometeu os índices de produtividade.

Sobre a China, a incerteza que ronda o mercado não é mais somente sobre a demanda. A preocupação sobre um possível anúncio de novas medidas de contençao da inflação no país, a qual deve afetar diretamente a demanda chinesa por commodities, já pesa sobre os preços nesta quarta-feira.

"A ausência da China no mercado e temores de que novas políticas contracionistas possam ser adotadas pelo país para contenção inflacionária preocupam o mercado", diz Ricardo Lorenzet, especialista no mercado de grãos da XP Investimentos.

No pregão noturno de hoje, soja, milho e trigo encerraram com fortes perdas e estenderam as baixas para a sessão diurna. Por volta das 11h54 (horário de Brasília), a soja já perdia mais de 12 pontos, o milho quase 5 e o trigo mais de 17.

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário