Soja ainda sente dados do USDA e opera em baixa

Publicado em 10/06/2011 12:12 e atualizado em 10/06/2011 14:52 765 exibições
Nesta sexta-feira, a soja ainda reflete os números divulgados pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) no relatório de oferta e demanda divulgado na manhã de ontem. Os dados de aumento dos estoques finais norte-americanos da oleaginosa - das safras 2010/11 e também da 2011/12 - já registram um reflexo negativo na sessão de hoje.

Além disso, o mercado sente ainda a pressão de um movimento de realização de lucros que  assola o mercado milho nesta sexta-feira.

No pregão diurno de ontem, os futuros do cereal fecharam o dia com uma forte alta frente a redução das estimativas feita pelo USDA na produção, nos estoques finais e na área da safra norte-americana 2011/12.

Entre os fatores externos que também pressionam os grãos em Chicago estão a alta do dólar index - que deixa as commodities menos atrativas para os investidores - e a baixa do petróleo e do ouro. Além disso, a sessão de hoje é típica do último dia da semana, onde, frente ao final de semana, a aversão ao risco aumenta caracteristicamente.

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário