Morgan Stanley projeta novas altas para soja e milho na CBOT

Publicado em 28/07/2011 12:42 e atualizado em 28/07/2011 16:51 1482 exibições
O banco Morgan Stanley divulgou nesta quinta-feira uma nota projetando novas altas para os preços da soja e do milho na Bolsa de Chicago. De acordo com a instituição, a oleaginosa pode alcançar o patamar dos US$ 14,50 por bushel e o cereal, US$ 7,25 no ano comercial 2011/12.

Depois do excesso de umidade que atrasou o plantio na primavera, agora a seca e o calor intenso podem prejudicar as perspectivas para a safra das duas principais culturas do país. Essas condições climáticas adversas são aos principais motivos da projeção de alta feita pelo banco.

"As preocupações com o milho e a soja nos EUA estão crescendo. Depois de uma primavera úmida que retardou o plantio, agora as condições de tempo quente e seco comprometem a produtividade norte-americana", disse Hussein Allidina, analista do Morgan Stanley.

Só neste mês, os futuros do milho já acumularam ganhos de 11% e a soja de 6,8%, e parte dessas altas é reflexo dessas preocupações com os Estados Unidos, o maior exportador mundial de ambas as commodities.

O analista disse ainda que a projeção é de que os grãos continuem liderando as altas das commodities agrícolas, uma vez que a possível baixa na produção deva manter os estoques dos EUA apertados por pelo menos mais um ano.

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário