CBOT: Soja encerra pressionada, mas milho e trigo valorizam

Publicado em 16/08/2011 14:34 e atualizado em 16/08/2011 22:02 667 exibições
Os fundamentos são positivos para os grãos, porém, os fatores externos seguem exercendo sua influência nos futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago.

Nesta terça-feira, a oleaginosa encerrou o pregão diurno em baixa na Bolsa de Chicago em um movimento de realização de lucros,  estimulado pelas notícias pessimistas do mercado financeiro, principalmente sobre as economia da Europa.

Além disso, a falta de novidades entre os fundamentos também tirou levemente o suporte das cotações. Ontem, o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) informou que o índice de lavouras em boas ou excelentes condições se manteve em linha com os números divulgados na última semana.

Por outro lado, o milho e o trigo fecharam o pregão diurno com valorização. O trigo liderou as altas e encerrou com pouco mais de 12 pontos positivos para o vencimento setembro/11.

Ambos os grãos mantiveram seu foco nos fundamentos positivos de demanda bastante aquecida e estoques extremamente ajustados. A expectativa de que a safra de trigo será menor do que o estimado pelo USDA impulsionou as cotações e o grão acabou puxando o mercado vizinho. Paralelamente, ha ainda especulações de compras de trigo americano, fator que contribui para as altas.

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário