Soja é responsável por sequestro de carbono

Publicado em 11/10/2011 10:59 1021 exibições
“As lavouras de soja capturam mais carbono da atmosfera do que as florestas.” A afirmação é do pesquisador da Cooperativa dos Agricultores do Plantio Direto (Cooplantio) Dirceu Gassen, que por mais de 20 anos desenvolveu pesquisas para a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

O estudioso e difusor do plantio direto no país diz que a fotossíntese da soja é mais atuante do que das árvores, já que as florestas estão em equilíbrio – consumindo e soltando gás carbônico. As plantações de soja, ao contrário, estariam apenas consumindo a concentração de carbono.

Gassen garante que a agricultura não é agente poluidor do meio ambiente, mas sim ao contrário, aduzindo que, com a lavoura, todos os anos são produzidas toneladas de biomassa. O pesquisador diz que estudos da Embrapa nesse sentido já existem e que falta maior disseminação dessas informações por parte dos próprios agentes do agronegócio. Ele exemplifica a tese informando que a cada três toneladas de soja colhida, são geradas mais duas t. de palha. “São cinco toneladas de matéria seca por hectare. Então o agricultor está sequestrando 50% desse volume em carbono”.

Para produzir um quilo de carbono, a planta – na fotossíntese – consome 3,66 kg de CO2. “Em um cerrado ou floresta em equilíbrio, as plantas não aumentam a biomassa, porque as folhas caem, apodrecem, se decompõe, mineralizam e outra árvore nasce no lugar. A única forma de sequestrar carbono é tirando biomassa e, isso, a soja ou o milho faz, a floresta não, pois ela está em estado de equilíbrio”.

Dirceu Gassen comenta que, na América do Sul, são mais de 40 milhões de hectares em plantações de soja e que se for multiplicar a quantidade de carbono sequestrada todos os anos, a conta passará a contar – e muito – a favor do agronegócio, quando a questão for preservação ambiental.

“O agricultor vive uma tensão muito grande em termos de instabilidade. O setor precisa divulgar informações que muita gente desconhece. O agricultor é um guardador dos recursos naturais. Nenhuma outra atividade humana pode sequestrar CO2, apenas diminuir a emissão” finaliza o pesquisador, que agora atua como gestor da Área Técnica da Cooplantio.

*Dirceu Gassen é engenheiro agrônomo pela na Universidade de Passo Fundo, mestre em Agronomia, na área de fitossanidade, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul e desenvolveu estudos em nível de doutorado na Nova Zelândia, adquirindo habilidades em inglês e dinâmica populacional de fauna de solo. Publicou livros sobre pragas em trigo, insetos subterrâneos, controle biológico, pragas em milho e plantio direto. Desde o início da implantação do plantio direto, na década de 1970, acompanhou atividades da ICI, com Erivelton Roman, na UPF.

Tags:
Fonte:
Olhar Direto com Ascom Aprosoja

4 comentários

  • Joao Antonio Ferreira da Motta Candido Mota - SP

    Muito bom, esta conclusão reafirma o que sempre digo, o maior amigo do meio ambiente, também o que mais depende do equilibrio ambiental é o agricultor. O que vemos na maioria das vezes na grande mídia, são falsos amigos do meio ambiente, atendendo a interesses comerciais internacionais, ganhando muito bem por isso, criminalizando o produtor rural brasileiro. Vamos gritar pra todos os cantos do planeta, os verdadeiros amigos do meio ambiente somos nós, agricultores brasileiros e ainda produzimos alimentos pro mundo e riquezas pro Brasil, chega de injustiça.

    0
  • junior masanobu utida Campo Novo do Parecis - MT

    Brilhante dedução. Tanto é que se prova com o balanço de massas. As lavouras cultivadas e produtivas "exportam" carbono devidamente comprovadas pelos pesos de balança. A "industria a céu aberto" utiliza o CO2 + H2O e o sol para produzir O2 + Alimentos ($), fibras ($) e biocombustíveis ( $). As ferramentas são os equipamentos e solos dentro da porteira, as matérias primas chuva, sol, gás carbônico, adubo, semente etc e os valores são os engenheiros agronomos ( parabéns pelo seu dia hoje). Só que o oxigênio produzido não é mensurado.

    0
  • João Paulo Pegoraro Luís Eduardo Magalhães - BA

    Seria bom difundir mais esses estudos sobre captura de carbono pela soja e outros cultivos, pois, para quem mora nas grandes cidades, os poluidores do meio ambiente somos nós, os agricultores, que além de produzir alimento e preservar as margens dos rios, preservar as áreas de reserva legal, agora, segundo o estudo do pesquisador Dirceu Gassem, capturamos também CO2. Ótima oportunidade para debater essa teoria com os Ecologistas Urbanos.

    0
  • Roberto Carlos Maurer Almirante Tamandaré do Sul - RS

    Sr. João Batista tente entrar em contato com o Senador Luiz Henrique e por favor me levem uma pessoa destas para ser ouvido no Senado e se possível num debate com o Senador Taxi do Mato Grosso.

    0