MT: Plantio adiantado de soja garante área para milho 2011/2012

Publicado em 01/11/2011 14:17 714 exibições
O plantio avançado da soja em todo o estado garante a área para cultivo do milho de 2ª safra a partir de janeiro. Dados do Imea indicam que até o dia 27 de outubro, aproximadamente 60% da produção estimada para Mato Grosso já foi semeada. A região norte do estado tem mais de 70% cultivado e até mesmo a região leste, que começou a plantar por último por conta das questões climáticas, já alcançou mais de 23% da semeadura. Com essa evolução, á área para o milho safrinha está garantida já que depende da colheita da soja para ceder lugar ao plantio do cereal.

Com as boas condições de clima e mercado que apontam comercialização antecipada de quase 50% do milho, muitos produtores devem aumentar a produção do grão para a safra 2011/2012. É o caso do produtor Willian Yamashita, de Santo Antônio do Leste, que planta 980 hectares de soja na Fazenda Volta Grande. Com o plantio da soja todo concluído, a meta é plantar 100% da área com milho, diferente do ano passado quando a propriedade plantou apenas 300 hectares. “Vamos fazer isso pela primeira vez. A gente tem que aproveitar o preço das commodities no mercado, aproveitar essas altas”, explica sobre a tomada de decisão.

O desenvolvimento das lavouras de soja é determinante ao milho porque no estado a mesma área é ocupada pelas duas culturas. Primeiro se plantam as variedades mais precoces de soja, com um ciclo de desenvolvimento mais curto, para que até fevereiro se possa semear o milho. Na medida em que as colheitadeiras vão varrendo os hectares, logo atrás estão as plantadeiras alinhadas para cobrir a área com a semente do cereal. Para este ano, a estimativa de plantio de safrinha é de mais de dois milhões de hectares, o que revela um crescimento de 14% em relação à safra 2010/2011, quando foram plantados 1,752 milhões de hectares.

Para garantir a rentabilidade sobre sua produção, William Yamashita mantém um olho nas tendências de mercado e tecnologia disponível para aumentar a produtividade e outro na lavoura. Para esta safra ele já garantiu o pacote de insumos travando 40% do milho a 38 sacas por hectare. “Você tem que tá na lida dia a dia, acompanhando tudo. Como diz o ditado: quem engorda o boi é o olho do dono. Você tem que aproveitar a todo momento a alta das commodities para travar o preço”, finaliza.

Tags:
Fonte:
Aprosoja

0 comentário