Novas medidas para setor sucroalcooleiro não promovem investimentos, diz Sindalcool

Publicado em 24/04/2013 08:17 366 exibições
Medidas anunciadas pelo governo para o setor sucroalcooleiro são importantes, mas ainda não promovem investimentos. A redução do PIS/Cofins do etanol hidratado irá melhorar a competitividade frente à gasolina, porém não o suficiente para ultrapassar a alta no custo de produção do combustível. É o que afirma o diretor-executivo do Sindicato das Indústrias Sucroalcooleiras de Mato Grosso (Sindalcool/MT), Jorge dos Santos. Segundo ele, nos últimos três anos o custo de produção da cana aumentou entre 40% e 50% no estado, incentivado, principalmente, pelo valor da mão-de-obra e do frete. "A redução do imposto vem para minimizar este impacto no bolso do produtor". Para ele, o governo ainda precisa criar uma política de longo prazo para o setor e definir o etanol na matriz energética brasileira.

Veja a notícia na íntegra no site do Agrodebate
Fonte:
Agrodebate

1 comentário

  • Telmo Heinen Formosa - GO

    Eu insisto em dizer, há anos: Nós seremos ouvidos quando usarmos a linguagem que "eles" entendem bem. Passa pela gôndola do supermercado e se reflete no custo de vida. A linguagem da escassez eles entendem bem...

    0