Etanol: Rentabilidade do produtor ficou limitada na safra 13/14

Publicado em 26/12/2013 14:48 475 exibições

A safra 2013/14 foi marcada por relativa estabilidade nos preços do etanol no mercado paulista, mas a rentabilidade do produtor ficou limitada pelo aumento dos custos. A média parcial do Indicador CEPEA/ESALQ do hidratado nesta temporada (de abril/13 a novembro/13) foi de R$ 1,1775/litro (sem impostos) em termos reais (valores deflacionados pelo IGP-M), leve aumento de 0,3% sobre a do mesmo período de 2012. Para o anidro, a média do Indicador de abril/13 a novembro/13 foi de R$ 1,3347/litro (sem impostos), elevação de 1% na mesma comparação. Com relação aos custos de produção, além do reajuste de 9% concedido ao salário mínimo pesaram ainda as altas de preços do diesel, que interferem diretamente nos gastos com fertilizantes, máquinas e implementos e frete. Segundo pesquisadores do Cepea, mesmo em um período de rentabilidade restrita, a produção de etanol cresceu significativamente na safra 2013/14. Segundo dados da Unica, foram produzidos 25,06 bilhões de litros (+18,6%), sendo 14,2 bilhões de litros de hidratado e 10,9 bilhões de litros de anidro. Entre os motivos da maior produção de etanol esteve o potencial de demanda por anidro, com o aumento do percentual deste combustível na composição da gasolina C (de 20% para 25%), e por hidratado, em função da significativa frota de veículos flex no País.

Fonte:
Cepea

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário