Açúcar: Indicador sobe quase 6% em novembro

Publicado em 02/12/2014 09:01 e atualizado em 03/12/2014 09:24 50 exibições

Os preços do açúcar cristal mantiveram, em novembro, as altas iniciadas em outubro, segundo pesquisadores do Cepea. Usineiros estiveram firmes quanto aos preços pedidos, mesmo com as oscilações da demanda. No acumulado de novembro, o Indicador de Açúcar Cristal CEPEA/ESALQ (São Paulo) registrou alta de 5,93%, com média de R$ 50,97/saca de 50 kg, 7,01% maior que a de outubro (R$ 47,63/saca de 50 kg).

Em relação à produção de cana da atual temporada, a Unica (União da Indústria de Cana-de-Açúcar) reforça as projeções de quebra, além de indicar que o mix de produção favoreceu o etanol. Do início da safra até a primeira quinzena de novembro, a moagem na região Centro-Sul totalizou 538,375 milhões de toneladas de cana, 1,24% inferior à do mesmo período do ano passado. A produção de açúcar soma 30,711 milhões de toneladas, 3,08% menor na mesma comparação. O mix de produção, no acumulado da safra, foi de 43,68% da cana destinada ao açúcar e 56,32%, ao etanol.

Fonte:
Cepea

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário