Publicidade

Índia antecipa aumento da mistura de etanol na gasolina para 20% até 2023

Publicado em 02/06/2021 14:29 202 exibições
No início deste ano, a meta já havia sido antecipada pelo Ministério do Petróleo para 2025 e agora sofre uma nova atualização, segundo The Economic Times

LOGO nalogo

O governo da Índia antecipou em dois anos a data prevista para elevação da mistura de etanol na gasolina para 20% em 2023, segundo informação oficial do país reportada pelo The Economic Times. A Índia tem realizado essas movimentações no mercado nos últimos anos para reduzir a dependência das importações de petróleo.

Para se ter uma ideia, no ano passado, o governo do país estabeleceu para 2022 a meta de uma mistura de 10% do etanol na gasolina e de 20% até 2030. No início deste ano, a meta para 20% da mistura foi antecipada para 2025 e agora houve uma nova atualização pelo país, que deverá entrar em vigor a partir de 1º de abril de 2023.

"O Governo Central determina que as empresas petrolíferas vendam gasolina misturada com etanol em um porcentagem de etanol de até 20% com as especificações do Bureau of Indian Standards, em todos os Estados e territórios da união", disse o Ministério do Petróleo em uma notificação no Diário da República da Índia.

Publicidade

Seguindo a meta estabelecida pela Índia para 2022, de mistura em 10%, o país precisará de até 4 bilhões de litros de etanol para suprir sua demanda, e para 2023, com 20%, será preciso 10 bilhões de litros de etanol para compor a mistura da gasolina. Esses números devem ser conquistados com a migração da produção de açúcar de cana para o combustível e o excedente virá de grãos.

O país é atualmente o terceiro maior importador de petróleo do mundo, com necessidade de suprir 85% da sua demanda com compras de estrangeiros, ficando refém das flutuações de preços do óleo no cenário internacional.

Além das movimentações para antecipação das metas de redução da mistura do etanol na gasolina, a mídia indiana também destaca que o país deve em breve soltar uma regulamentação para que todos os novos veículos produzidos no país a partir de 2023 sejam compatíveis com etanol E20 com o objetivo de atingir as metas estabelecidas para os próximos anos.

Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário