Açúcar dispara mais de 2% na Bolsa de Nova York nesta tarde de 6ª

Publicado em 23/07/2021 12:12 e atualizado em 23/07/2021 15:08 188 exibições
Dia é marcado por realização de lucros, após ganhos expressivos registrados na sessão anterior

Logotipo Notícias Agrícolas

Os contratos futuros do açúcar disparavam nesta tarde de sexta-feira (23) nas bolsas de Nova York e Londres. O mercado externo volta acompanhar os temores com geadas no Brasil nos próximos dias e os impactos para a safra 2022/23.

Por volta das 12h (horário de Brasília), o açúcar bruto tinha valorização de 2,55%, negociado a US$ 18,08 c/lb na Bolsa de Nova York. Enquanto que o tipo branco cotado em Londres registrava alta de 1,95%, a US$ 455,70 a tonelada.

Depois de queda técnica na sessão anterior, o mercado externo reperte as previsões de novas geadas no Centro-Sul do Brasil nos próximos dias. Além disso, apesar de amenização dos temores com a ocorrência recente, a próxima safra pode ter impacto.

"Acredita-se que elas tenham causado menos impacto porque as áreas afetadas já haviam sido colhidas", disse a Reuters sobre as geadas do início da semana.

Porém, "negociantes disseram que as geadas podem afetar a produção da próxima safra, embora os danos à safra de cana levem algum tempo para serem avaliados e dependam da adequação das chuvas daqui para frente", complementou a agência.

Também há espera no mercado pelos dados de produção no Centro-Sul do início de julho pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica).

As expectativas para a primeira quinzena de julho são de queda de 2,6% no comparativo anual na produção de açúcar, 2,951 milhões de toneladas, segundo levantamento da S&P Global Platts com 10 analistas. A produção total de etanol deve ser de 2,10 bilhões de litros, com alta de 3,0%.

No financeiro, o dia é marcado por desvalorização do dólar sobre o real, o que tende a desencorajar as exportações e dá suporte ao mercado. Por outro lado, o petróleo registrava leves perdas nesta reta final de semana.

» Clique e veja as cotações completas de sucroenergético

Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário