Queda na produção da safra da cana

Publicado em 06/10/2010 07:33
354 exibições
Mesmo com chuvas do final de setembro, quebra no Centro-Sul chega a 3,6% no ano.
A falta de chuvas que durou até metade de setembro prejudicou a produtividade da safra de cana-de-açúcar 2010/2011. Nem mesmo as chuvas que aconteceram desde então devem mudar as estimativas da Unica (União da Indústria da Cana-de-Açúcar) em relação à colheita desta safra.

Segundo informações da Unica, o volume processado por unidades produtoras da região Centro-Sul na primeira quinzena de setembro atingiu 37,05 milhões de toneladas.

O número representa uma queda de 11,93% em relação aos 42,07 milhões de toneladas registradas na quinzena anterior. O recuo sinaliza a retração no volume diário processado pelas usinas. São 2,47 milhões de toneladas nos primeiros 15 dias de setembro, enquanto na última quinzena de agosto foram 2,63 milhões de toneladas. No acumulado desde o início da safra atual, a moagem de cana-de-açúcar totalizou 417,20 milhões de toneladas.

Mesmo com as chuvas da última quinzena de setembro, a tendência de queda na produtividade da colheita na região Centro-Sul permanece. A Unica destaca que dados do Centro de Tecnologia Canavieira indicam queda de 11,1% na primeira quinzena de setembro comparando-se com o mesmo período de 2009. No acumulado desde o início da safra, a quebra atinge 3,6%. A queda é sentida por alguns produtores da região.

"A falta de chuvas fez com que o plantio ficasse muito prejudicado e, agora, os estragos na lavoura de muitos produtores já foram feitos", destaca Sebastião Alves dos Santos, produtor agrícola.
Fonte: Gazeta de Piracicaba

Nenhum comentário