Açúcar encerra a segunda-feira em alta na Bolsa de NY com prudência da Índia quanto à exportções

Publicado em 16/11/2010 07:23
176 exibições
A prudência declarada pela Índia em relação ao fim das restrições impostas às exportações de açúcar do país - segundo maior produtor mundial - fez com que os preços da commodity se recuperassem ontem na bolsa de Nova York. Os contratos com vencimento em maio terminaram o dia cotados a 24,50 centavos de dólar por libra-peso, alta de 61 pontos. Segundo a Bloomberg, o ministro da Agricultura da Índia, K.V. Thomas, disse que o país precisa garantir que o abastecimento interno de açúcar está adequado. Para analistas, o mercado aguarda as definições sobre o que a Índia fará, pois o país pode determinar déficit ou superávit no mundo. No mercado interno, o indicador Cepea/Esalq do açúcar cristal terminou a última sexta-feira cotado a R$ 75,04 por saca, queda de 1,44%.
Fonte: Valor Econômico

0 comentário